Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Milton Neves diz que Neymar devia seguir exemplo de Messi e deixar a seleção

O empate sem gols do Brasil diante do Iraque neste domingo (6), pela segunda rodada da fase de Grupos dos Jogos Olímpicos e a postura adotada pelos jogadores, principalmente do Neymar – capitão do time -, após a partida causou revolta dos comentaristas. Milton Neves, da TV Bandeirantes, foi mais um que não poupou criticas ao camisa 10 da seleção.

Danielle Barbosa
Jornalista. Escrevendo para o Torcedores desde 2014.

Crédito: Foto: Celso Junior/Getty Images

LEIA MAIS:
Galvão Bueno ‘esnoba’ feitos de Bolt e é repreendido por Glória Maria
Ginasta britânica cai sobre o pescoço, mas se recupera e volta para competição
‘Fora Temer’: argentina desabafa após ser alvo de montagens: “Decepcionada”

“Ele devia seguir o exemplo do Messi e deixar a Seleção Brasileira. Ele não pode ser capitão desse time. É monoglota como eu, fala baixinho. O time deveria ter um nome forte, como um grande zagueiro, para lidar com os outros atletas em campo. Ele deveria ter se preparado muito mais para essa competição”, disse Milton Neves durante o “Diário dos Jogos Olímpicos”.

O comentarista ainda completou dizendo que Neymar não faz falta para a seleção. “Veja o tape do jogo. Não vá procurar seu futebol porque não tem. Você está infeliz, com o saco cheio de jogar pela seleção. Está em campo como se estivesse fazendo um favor. Nós não precisamos disso. Pare de sofrer, rapaz! Não vai nos fazer falta.”

Milton Neves ainda disparou contra o zagueiro Marquinhos. “Esse jogador, que está na França e o Barcelona tanto quer, deveria tomar a dianteira e liderar esse time. Mas não sei se ele tem capacidade pra isso. Vive de fama.”

Com o empate, o Brasil precisa vencer a Dinamarca para sonhar com uma vaga na próxima fase dos Jogos Olímpicos para tenar manter vivo o sonho da primeira medalha de ouro.