Repórter da Globo pede desculpas a saltador francês por vaias da torcida e é criticado na web

Os episódios das vaias da torcida brasileira ao francês Renaud Lavillenie na final do salto com vara da Rio 2016 e posteriormente na cerimônia de premiação, continuam dando o que falar. O atleta reclamou da postura dos torcedores no Engenhão e insinuou que as vaias no dia da apresentação contra o brasileiro Thiago Braz poderiam ser comparadas às ouvidas por Jesse Owens na Olimpíada de Berlim, em 1936.

Rafael Alaby
Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)

Crédito: Foto: Reprodução/Globo

LEIA MAIS:
Francês agradece Thiago Braz, mas admite ter ficado ‘humilhado no pódio’ 
Após mais uma grande atuação na seleção olímpica, Luan recebe elogios na web

Em entrevista nesta quarta-feira ao repórter Marcos Uchôa, da Rede Globo, o francês, que perdeu o título para o brasileiro, negou que tivesse a intenção de chamar o público brasileiro de nazista ou racista (o jornalista destacou que jogadores brasileiros são chamados de ‘macacos’ na Europa), pediu desculpas e disse que chorou devido as vaias recebidas na cerimônia de distribuição de medalhas na terça-feira. Mesmo assim, ele relatou que aquilo foi um ato isolado e ressaltou o carinho que recebeu dos brasileiros no Rio de Janeiro.

“A ideia não foi chamar o Brasil de um país nazista. Não consegui me conter e chorei. Mas, ao mesmo tempo, eu sabia que aquilo não representava o brasileiro de uma maneira geral. Em passeios pela cidade, recebi um carinho muito grande do público brasileiro”, disse.

No momento final da conversa, o jornalista pediu desculpas a Lavillenie pelo episódio das vaias. “Eu queria que ele entendesse que esse comportamento não representa, da maneira alguma, o da maior parte dos brasileiros. Espero revê-lo em Tóquio 2020”, disse Uchôa.

A declaração final do profissional da Globo foi bastante criticada pelos internautas no Twitter. Veja: