Você sabia? São Paulo já deu sorte a três times que usaram seu uniforme

São Paulo
Crédito da foto: Divulgação/Under Armour

O Torcedores.com deu início a uma série de curiosidades sobre o São Paulo, uma das principais equipes do futebol brasileiro. Pouca gente sabe, mas três times já utilizaram uniformes do Tricolor no passado, sendo uma delas o tradicional XV de Piracicaba, em 1949, em um jogo do Campeonato Paulista.

VEJA MAIS
CHÁVEZ NEGA QUE PROBLEMAS DE RELACIONAMENTO ESTÃO ATRAPALHANDO O SÃO PAULO
CHÁVEZ SUGERE RECEITA PARA O SÃO PAULO REAGIR NA TEMPORADA
VÍDEO: HENRI CASTELLI DESABAFA SOBRE SITUAÇÃO DO SÃO PAULO E PROMETE IR A PROTESTO

Confira abaixo às histórias:

1) Em 1949, na semifinal do Torneio Início do Campeonato Paulista, o XV de Piracicaba, alvinegro, enfrentaria o Ypiranga, também preto e branco. O jeito foi o XV atuar com a camisa branca do São Paulo. Deram sorte, venceram, e na final bateram o próprio Tricolor.

2) Pelo Campeonato Brasileiro de Seleções, em 26 de fevereiro de 1950, no Parque Antárctica, a Seleção Gaúcha entrou em campo com o manto são-paulino (a camisa nº 2) para enfrentar a Seleção Bahiana. Como era de se esperar, com aquela camisa não perderam. Venceram o jogo por 2 a 1. No próximo jogo – semifinal, já sem a camisa tricolor, perderam para a Seleção Paulista (que também usava camisa tricolor).

3) Um outro causo mais antigo, que remonta a 1930, é ainda mais curioso. O Hakoah All-Stars, time de colônia judaica, dos Estados Unidos, excursionava no Brasil. Em 3 de julho enfrentou o combinado formado por São Paulo e Palestra Itália. O combinado atuou de branco – uniforme inteiramente branco, para não ser associado nem ao São Paulo, nem ao Palestra.

O Hakoah, por outro lado, entrou em campo com a camisa nº 1 do São Paulo. Quem chegasse à Chácara da Floresta para torcer pelos brasileiros desavisado, corria o risco de torcer para o time errado… O placar do jogo? Aquele com a camisa do São Paulo não perdeu, oras. 3 a 2 em cima dos brasileiros.

(fonte: site oficial do São Paulo)



Jornalista desde 2012, com passagens pelos jornais ABCD Maior e Diário do Grande ABC, além do canal NET Cidade. Atualmente como repórter colaborador no site Torcedores.com.