Vôlei: Sérvia derruba EUA, e alcança final olímpica pela primeira vez

A Sérvia é a primeira finalista do torneio de Vôlei Feminino da Olimpíada do Rio de Janeiro. Na tarde desta quinta-feira (18), a equipe europeia venceu um dramático confronto realizado no Maracanãzinho contra os Estados Unidos por 3 sets a 2, com parciais de 20/25, 25/17, 25/21, 16/25 e 15/13. Esta será a primeira vez que a equipe da região dos Balcãs, tradicional no Vôlei Masculino, disputará o ouro olímpico.

Leonardo Marson
Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.

Crédito: Sérvias comemoram vaga na decisão olímpica do vôlei feminino. (Foto: reprodução/Twitter)

Após um primeiro set em que acabou surpreendida no final pelas americanas, a Sérvia se recuperou, venceu as duas parciais seguintes. Favorita, a seleção dos Estados Unidos sobrou no quarto set, mas na parcial decisiva, as europeias conseguiram reagir na parte final, após de estar perdendo por três pontos, e garantiram a vaga na decisão.

Brankica Mihajlovic, com 22 pontos, e Tijana Boskovic, com 20, foram as principais pontuadoras da equipe sérvia. Outro destaque da Sérvia foi Milena Rasic, com 18 tentos. No lado americano, Rachel Adams foi o maior pontuadora, com 14 pontos. Karsta Lowe fez 13 tentos, um a mais em relação a Jordan Larson.

Agora, as americanas esperam pela vencedora do confronto entre China e Holanda, que acontece ainda nesta quinta-feira, a partir das 22h30, também no Maracanãzinho.

Saiba como foi o confronto entre Sérvia e Estados Unidos

O primeiro set apresentou muito equilíbrio entre as duas equipes. As americanas começaram o jogo na frente, mas logo a equipe sérvia se recuperou, tomando a liderança do placar graças a Rasic e Boskovic. Os Estados Unidos, porém, melhoraram na parte final da parcial, mas se valeram dos bloqueios para vencer por 25 a 20.

A Sérvia começou melhor a segunda parcial da partida, abrindo quatro pontos de frente. As americanas ainda sofreram um baque importante: Foluke Akirandewo se lesionou, deixando a partida. As europeias se aproveitaram para ampliar a distância no placar, e igualaram o confronto ao marcarem 25 a 17.

A equipe europeia teve um início fulminante no terceiro set, com Brankica Mihajlovic liderando o time para uma vantagem de 8 a 1 no início da parcial. As americanas esboçaram uma reação com o passar do tempo, mas jamais esteve próxima de amaçar a vitória da equipe da região dos Balcãs, que triunfou por 25 a 21, e tomou a liderança da partida.

Precisando vencer o quarto set para seguir vivo no jogo, o time americano equilibrou a partida, e com uma sequência de cinco pontos seguidos no serviço da levantadora Alisha Glass, o time abriu vantagem. Após alcançar 17 a 10, os Estados Unidos controlaram a partida para fechar a parcial em 25 a 16.

A última parcial teve início equilibrado, mas Lowe fez a seleção americana abrir dois pontos no placar. A Sérvia viu os Estados Unidos abrirem três pontos, mas se recuperaram, e empataram o jogo em 12 a 12. A virada das europeias veio com um ace de Milena Rasic. Já Diana Boskovic fechou o jogo pouco depois, após um ataque pela ponta, fazendo 15 a 13.

Foto: reprodução/Twitter