Xodó das Olimpíadas, Guga tira onda de vidente e acerta palpites do Brasil

Uma das grandes atrações das Olimpíadas de 2016 já está aposentado do esporte e nem pode mais dar medalhas ao Brasil. Mesmo assim, Gustavo Kuerten, o Guga, virou xodó dos brasileiros pelo carisma e a energia durante as transmissões da TV Globo. Integrante do Time de Ouro do canal, o “labrador humano” está funcionando também como vidente e acertando palpites de competidores brasileiros.

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Reprodução

LEIA MAIS:

Volante gremista projeta dificuldades com a estreia de Diego

Vai, Brasil! Veja em quais modalidades ainda temos chances de levar ouro

O “Pai Guga” abriu seus trabalhos ainda nas provas de natação durante a primeira semana de Jogos. Na cabine ao lado de Galvão Bueno, o ex-tenista brasileiro cravou que apostava na classificação do brasileiro Marcelo Chierighini para a final dos 100m livre, o que de fato se confirmou. Após o resultado, Guga brincou com Galvão: “Eu disse, eu disse, Galvão!”.

A fase iluminada de Kuerten continuou no futebol masculino. Mesmo quando os torcedores e os próprios companheiros de transmissão se mostravam descrentes com a seleção, Guga apostou em uma grande vitória por 4×0 sobre a Dinamarca, no encerramento da fase de grupos. Dito e feito. Os brasileiros desencantaram naquela partida, fizeram o placar sugerido por Guga e foram às quartas de final.

Nesta quarta, Guga voltou a cravar o placar da seleção brasileira. O time de Rogério Micale se apresentou com classe e fez 6×0 na Honduras, na semi. Durante a transmissão da Globo, Guga garantiu que o Brasil faria três gols no primeiro tempo e mais três no segundo. “Vira três, fecha seis”, brincou. No Twitter, as reações foram diversas. Confira algumas mensagens: