Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Cristóvão explica por que bancou Cássio como titular do Corinthians

O técnico do Corinthians, Cristóvão Borges, foi o convidado da edição desta segunda-feira (5) do programa Baita Amigos, do canal Bandsports. Entre um assunto e outro, o treinador falou sobre os goleiros do Timão, revelou que teve uma conversa com eles e explicou por que bancou Cássio como titular da equipe, mesmo com o arqueiro atravessando um momento complicado. Confira:

Redação Torcedores
Textos publicados pela Redação do Torcedores.com.Contato: redacao@torcedores.com

Crédito: Reprodução/TV

LEIA MAIS:

VEJA AS NOTÍCIAS DO CORINTHIANS QUE ESTÃO BOMBANDO NA WEB

Cristóvão contou que os goleiros Cássio e Walter estavam com algumas dificuldades. “Quando eu cheguei ao Corinthians, o Cássio tinha tido problemas com algumas coisas, tinha perdido a avó, estava passando um momento difícil. E o Walter, que é um excepcional goleiro, grande profissional, uma figura altamente positiva no nosso grupo, vinha jogando com o Tite, mas quando eu cheguei, ele estava machucado e o Cássio era quem estava jogando”, relembrou.

Daí, o treinador do Timão revelou a conversa que teve com os goleiros. “Eu chamei os dois pra conversar na minha sala e disse: ‘Quando o jogador se machuca e volta de contusão, naturalmente ele deve voltar a jogar. Isso é o que se deve fazer’. Então o Walter teria que voltar justamente por causa disso”, contou, indicando que colocaria Walter para jogar novamente.

Foi nesse momento que Cristóvão explicou o porquê de ter mantido o goleiro Cássio como titular. “Só que o Cássio já vinha passando por isso (os problemas contados anteriormente) e no jogo anterior, contra o Santa Cruz, estávamos ganhando o jogo por 2 a 0 e fazendo um primeiro tempo excepcional, quando ele foi sair com os pés e o cara roubou a bola. A gente tomou o gol e acabou tomando um sufoco no jogo que era para a gente sair tranquilo”, afirmou o técnico. “Naquele momento eu pensei, e aí foi uma decisão minha: se eu tirasse ele (Cássio), eu poderia perder ele no futuro. Então meu pensamento foi esse (de deixar o goleiro como titular). Eu corri o risco mas eu banquei. Eu não me arrependo, acho que fiz certo. E hoje temos dois goleiros excepcionais”, ressaltou o comandante.

CÁSSIO

O goleiro Cássio teve problemas no início da temporada, quando o treinador ainda era Tite. Campeão mundial em 2012, Cássio não estava na melhor forma técnica neste ano, quando perdeu a avó e não atuou como titular na estreia do Brasileirão, contra o Grêmio — ele ficou no banco de reservas. Depois, o camisa 12 continuou no banco e chegou a reclamar em público da condição de suplente, colocando a culpa no preparador de goleiros do Corinthians.

As melhores notícias de esportes, direto para você