Eliminação de Medina ainda repercute, confira

A polêmica eliminação de Gabriel Medina após uma nota 0,04 abaixo do que o brasileiro precisava para passar as semifinais da etapa de Trestles, Califórnia no último sábado segue rendendo comentários e indignação de internautas brasileiros e estrangeiros nas redes sociais.

Redação Torcedores
Textos publicados pela Redação do Torcedores.com.Contato: redacao@torcedores.com

Crédito: Postagem compara manobras de Gabriel Medina e rival - Crédito: Reprodução/Facebook oficial Tribo SurfOn

O caso que já era tido como absurdo pelos fãs do surf ganhou contornos de suspense e drama após declaração em tom de desabafo de Gabriel Medina se dizendo cansado do que tem ocorrido nas avaliações recentes de juízes da WSL.

LEIA MAIS

APÓS ELIMINAÇÃO POLÊMICA GABRIEL MEDINA DESABAFA “CANSEI”

APÓS ELIMINAÇÃO MEDINA RECLAMA DE JUÍZES

Na página da comunidade Tribo Suron no Facebook, os proprietários da pagina publicaram um vídeo, legendado em inglês e português que já tem mais de 16 mil compartilhamentos. Na publicação, intitulada WSL (World Shame League ou Liga Mundial da Vergonha) seus autores comparam as manobras de Medina e do adversário, o americano Tanner Gadauskas que teria sido claramente favorecido pelos árbitros locais na etapa.

Clique abaixo, assista e tire suas conclusões.

Opinião deste autor: não resta dúvida que o surfista brasileiro, maior nome do esporte nacional na atualidade foi prejudicado. Apesar disso, espero que Gabriel Medina permaneça no esporte que pode fazer parte dos Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020.

A pontuação dada a Medina em sua última bateria foi de 8.30, apenas 4 décimos abaixo do que era preciso para despachar o surfista da casa. Com isso o campeão de 2014 foi batido por 17.34 a 17.13 e protestou ainda na água batendo palmas carregadas de ironia para os avaliadores. No surf ainda existe o critério de descarte da maior e menor nota, com isso um 8.80 e um 7.80 não contabilizaram para a nota do expoente brasileiro.

Se derrotasse o surfista yankee e fosse as semifinais da etapa de Trestles, Gabriel Medina teria chance de de alcançar a liderança da temporada pois o atual 1º colocado, o americano John John Florence foi eliminado pelo compatriota Brett Simpson também na terceira fase por 15.16 a 8.74.