GUIA NFL 2016: Arizona Cardinals

A partir desta quinta-feira (08/09), começa a NFL 2016. São 32 times separados em duas divisões na briga pelo tão desejado título do Super Bowl. O Torcedores.com preparou um guia completo, falando um pouco mais dos 32 times. Você saberá o que mudou em relação ao ano passado, quem saiu, quem chegou, e as expectativas de cada time para a temporada. Neste texto, falaremos um pouco sobre o Arizona Cardinals. Confira:

Rodrigo Nascimento
Colaborador do Torcedores.com, amante dos esportes americanos e do automobilismo.

Crédito: Facebook Oficial do Arizona Cardinals

LEIA MAIS:

A temporada 2015 do Arizona Cardinals foi espetacular. Na fase regular, foram treze vitórias e apenas três derrotas, com o ataque e a defesa entre as cinco melhores de toda a NFL, o que fez com que a equipe ficasse atrás apenas do Carolina Panthers, que foi seu grande adversário na final da conferência, e que evitou que a equipe de Arizona chegasse ao Super Bowl. Por isso, a maior dificuldade sera manter a regularidade nesta temporada, já que a equipe sofreu algumas perdas, apesar de ter conseguido fortalecer alguns pontos fracos da temporada passada.

Para a temporada 2016, a maior preocupação da equipe do Arizona, foi melhorar o seu maior ponto fraco na temporada passada, que foi o pass rush. Para isso, o Cardinals foi atrás de Chandler Jones, do Patriots. E apesar de ter perdido algumas peças importantes, a equipe conseguiu reforçar a linha ofensiva, com a chegada do Offensive Guard Evan Mathis, que veio do Broncos. A equipe vai continuar contando com a experiência do Quarterback Carson Palmer, além da velocidade do Running Back David Johnson, a grande surpresa da equipe na temporada passada. Na defesa, a expectativa fica em cima de Tyrann Mathieu, principal jogador da defesa do Cardinals em 2015, e que se lesionou no final da temporada. Ao seu lado, fica a expectativa de ver novamente um bom desempenho do Cornerback Patrick Peterson, que teve seu melhor desempenho na carreira em 2015. Para reforçar a eficiente linha defensiva, a equipe buscou no Draft o polêmico Defensive Tackle Robert Nkemdiche, que é um jogador muito ágil e que tem sido considerado um dos melhores jogadores colegiais nos últimos anos, e que deve ajudar a pôr um fim no ponto fraco da equipe: o pass rush.

QUEM CHEGOU: para manter uma ótima linha ofensiva, o Cardinals foi buscar no campeão Denver Broncos o veterano Offensive Guard Evan Mathis. Também pensando em repor a secundária, a equipe do Arizona foi buscar no Kansas City Chiefs o Safety Tyvon Branch, que fez uma boa temporada no ano passado. Para corrigir o grande ponto fraco da equipe em 2015, o pass rush, a equipe buscou no New England Patriots o Defensive End Chandler Jones, além de ter draftado o Defensive Tackle Robert Nkemdiche.

QUEM SAIU: o Cardinals perdeu alguns titulares da linha ofensiva. O Offensive Tackle Bobby Massie foi para o Chicago Bears após ter sido titular da linha ofensiva da equipe do Arizona por 3 anos, enquanto o Offensive Guard Jonathan Cooper fez parte da negociação que a equipe fez com o New England Patriots para trazer Chandler Jones. Além deles, também deixaram o Arizona Cardinals: Rashad Johnson (S – Titans), Dwight Freeney (LB – Falcons) e Jerraud Powers (CB – Ravens).

EQUIPE: Arizona Cardinals

FUNDAÇÃO: 1898

ESTÁDIO: University of Phoenix Stadium

TÍTULOS DO SUPER BOWL: Nenhum

TÉCNICO DO TIME PRINCIPAL: Bruce Arians