GUIA NFL 2016: Atlanta Falcons

A partir desta quinta-feira (08/09), começa a nova temporada da NFL. São 32 times separados em duas divisões na briga pelo tão desejado título do Superbowl. O Torcedores.com preparou um guia completo falando um pouco mais dos 32 times. Você saberá o que mudou em relação ao ano passado, quem saiu, quem chegou e as expectativas de cada time para a temporada. Neste texto, falaremos um pouco sobre o Atlanta Falcons. Confira.

Redação Torcedores
Textos publicados pela Redação do Torcedores.com.Contato: redacao@torcedores.com

LEIA MAIS:
GUIA NFL 2016 – ANÁLISE DOS 32 TIMES

 

Por Rafael Freitas e Caio Lisoni

 

ATLANTA FALCONS
Fundação: 1965
Titulos de Superbowl: 0
Rivais de divisão: Carolina Oanthers, New orleans Saints, Tampa Bay Buccaners

 

Como foi em 2015?

O Atlanta Falcons começou a temporada embalado com 5 vitorias nos 5 primeiros jogos e deu esperanças ao seu torcedor. Proém, a partir de então, tudo passou a desandar e o time conseguiu vencer apenas 3 jogos dos últimos 11 restantes e amargou a segunda colocação da divisão. A única alegria do torcedor no ano foi estragar a temporada invicta do rival Carolina Panthers na penúltima rodada da temporada.

 

O que funcionou/o que não funcionou em 2015?
A “trinca” do ataque dos Falcons composta pelo quarterback Matt Ryan (foto), o wide receiver Julio Jones e o running back Devonta Freeman foi a principal arma do Atlanta Falcons durante 2015. O problema é que além dos três, poucos jogadores conseguiam contribuir, o que prejudicou bastante os Falcons. A defesa, por sua vez, foi um dos pontos fracos do time e cedeu muitas jardas aos adversários e foi uma das principais causas da queda de produção do time a partir do quinto jogo da temporada.

matt ryan

Quem saiu e quem chegou para 2016?
O wide receiver Roddy White, um dos ídolos recentes da franquia, deixou a equipe.  Como reforços, o time trouxe para a linha ofensiva o bom center Alex Mack, ex Cleveland Browns e o wide receiver Mohamed Sanu. Ambos já chegam para serem titulares. Para a defesa, chegou o veterano defensive end Dwight Freeney, que vem de boa temporada com o Arizona Cardinals. O time dispensou o linebacker Justin Durant e o defensive tackle Paul Solilai. Ambos perderam jogos em 2015 por conta de lesões.

 

O que esperar em 2016?

O Atlanta Falcons chega a 2016 sem grandes novidades ou sem grandes aquisições desde o final da temporada passada. Mohamed Sanu, ex-Bengals, pode desafogar um pouco Julio Jones, que recebeu quase tudo de Matt Ryan no ano passado. Os jogadores de apoio terão que melhorar bastante para ajudar a equipe e tornar o time menos dependente de seus 3 principais jogadores de ataque. A Defesa precisará encontrar algum modo de melhorar os fracos números de 2015, principalmente em número de turnovers forçados, jardas cedidas e número de sacks conquistados. Em 2015, por exemplo foram apenas 19 sacks em 16 jogos, algo muto baixo para um time na NFL. Jogando numa divisão em que o título dificilmente não irá para o Carolina Panthers, os Falcons precisarão tirar alguns coelhos da cartola para tentar vencer alguns adversários que vivem melhor fase do que eles para tentar  conquistar um vaga no wild card.