GUIA NFL 2016: Jacksonville Jaguars

A partir desta quinta-feira (08/09), começa a nova temporada da NFL. São 32 times separados em duas divisões na briga pelo tão desejado título do Superbowl. O Torcedores.com preparou um guia completo falando um pouco mais dos 32 times. Você saberá o que mudou em relação ao ano passado, quem saiu, quem chegou e as expectativas de cada time para a temporada. Neste texto, falaremos um pouco sobre o Jacksonville Jaguars. Confira.

Redação Torcedores
Textos publicados pela Redação do Torcedores.com.Contato: redacao@torcedores.com

LEIA MAIS:
GUIA NFL 2016 – ANÁLISE DOS 32 TIMES

 

JACKSONVILLE JAGUARS

Fundação: 193

Títulos de Superbowl: nenhum

Rivais de divisão: Indianapolis Colts, Houston Texans, Tennessee Titans

 

Como foi em 2015?

O Jacksonville Jaguars manteve a tradição dos últimos anos de fazer uma campanha ruim na divisão sul da AFC. Com 5 vitórias e 11 derrotas, só não foi pior do que o Tennessee Titans na divisão.

 

O que funcionou/ o que não funcionou no time em 2015?

Os números não foram bons, mas o torcedor do Jacksonville Jaguars finalmente conseguiu ver uma luz ao fim do túnel após a temporada de 2015. Depois de muitas tentativas, o time da Flórida conseguiu achar Blake Bortles (foto), um quarterback com bastante potencial e em evolução e mais dois wide receivers jovens que demonstram ter um futuro brilhante pela frente. A defesa foi o grande problema do time. Sem uma linha defensiva forte, não conseguiu pressionar os ataques adversários e foi o segundo time que mais pontos cedeu na temporada e um dos que mais jardas cedeu. A linha ofensiva teve uma performance tenebrosa: cedeu 51 sacks e os Jaguars foram o time que mais turnovers tiveram.

blake bortles

 

Quem saiu e quem chegou para 2016?

O Jacksonville Jaguars é um do times que fizeram bons trabalhos após o fim da temporada de 2015. Trouxe jogadores de qualidade para reforçar a frágil defesa, como o excelente defensive end Malik Jackson, do campeão Denver Broncos, que fará uma bela dupla ao lado de Dante Fowler Jr, jovem defensive end escolhido na primeira rodada do draft de 2015 e que perdeu a temporada passa inteira por lesão. O cornerback Prince Amukamara e o safety Tashuan Gibson também são jogadores veteranos e que já chegam para serem titulares de imediato na defesa. Para o ataque, o Jaguars conseguiu uma boa adição ao trazer dos Jets o running back Chris Ivory, que teve um ano muito bom em 2015 e também o linha ofensiva Kelvin Beachum. O último não deve resolver sozinho os grandes problemas da linha, mas agregará.

 

O que esperar em 2016?

O time tem tudo para melhorar da água para o vinho em 2016. Além das boas peças adicionadas citadas acima, o Jaguars conseguiu fazer um excelente draft, com as duas escolhas sendo usadas em jovens de muito talento e com capacidade de serem titulares da defesa já em 2016. O cornerback Jalen Ramsey (foto) era especulado para ir para o Dallas Cowboys, mas acabou em Jacksonville, onde terá muita utilidade. O linebacker Miles Jack, escolhido na segunda rodada, era dado como escolha certa entre os 10 primeiros de 2016, mas algumas lesões fizeram com que os times terem dúvidas em relação ao jogador, que acabou caindo no colo dos Jaguars. Se estiver saudável, também agregará muito. O técnico de Jacksonville é Gus Bradley, um dos responsáveis por montar a monstruosa defesa do Seattle Seahawks entre 2009 e 2012. Com tantas novas peças defensivas, a expectativa é que ele consiga fazer um bom trabalho. No ataque, Blake Bortles, Allen Robinson e Allen Hurns devem continuar dando trabalho às defesas. Chris Ivory deve fazer uma boa dupla de running backs  com T.J Yeldon, que teve um bom 2015. A linha ofensiva não teve grandes reforços e deve dar problema ao ataque. Como a divisão é equilibrada, é possível que o Jacksonville Jaguars consiga o título da divisão, dependendo da saúde dos jogadores e da boa performance de seus jovens talentos, ainda que esteja um pouco atrás do Houston Texans. Parece se a única chance do time, já que o calendário da AFC South é um dos mais difíceis de 2016

ramsey