GUIA NFL 2016: New England Patriots

A partir desta quinta-feira (08/09), começa a nova temporada da NFL. São 32 times separados em duas divisões na briga pelo tão desejado título do Superbowl. O Torcedores.com preparou um guia completo falando um pouco mais dos 32 times. Você saberá o que mudou em relação ao ano passado, quem saiu, quem chegou e as expectativas de cada time para a temporada. Neste texto, falaremos um pouco sobre o New England Patriots. Confira.

Redação Torcedores
Textos publicados pela Redação do Torcedores.com.Contato: redacao@torcedores.com

LEIA MAIS:
GUIA NFL 2016 – ANÁLISE DOS 32 TIMES

 

NEW ENGLAND PATRIOTS

fundação: 1959

títulos de Superbowl: 4 (2001, 2003, 2004, 2014)

rivais de divisão: Buffalo Bills, Miami Dolphins, New York Jets

 

Como foi em 2015?

Como já é costume na AFC East, o New England Patriots chegou como favorito absoluto a levar a divisão e o Superbowl pelo segundo ano consecutivo. Com 12 vitórias e 4 derrotas, levou de maneira fácil a divisão e só foi derrotado na final da conferência  para o Denver Broncos, num jogo onde poderia ter saído com a vitória.

 

O que funcionou/ O que não funcionou em 2015?

O campeão do Superbowl de 2014 tinha tudo para levar o título mais uma vez. Com um ataque avassalador liderado por um inspirado Tom Brady (foto) e uma defesa muito eficiente, o time do técnico Bill Belichick e do quarterback Tom Brady começou de modo avassalador ganhando os 10 primeiros jogos, tomando poucos pontos e marcando muitos. As lesões, entretanto, prejudicaram muito a equipe. Jogadores importantes do time como Dont’a Hightower, Dion Lewis, Rob Gronkowski, Danny Amendola, Julian Edelman, além de praticamente a linha ofensiva inteira perderam jogos em algum momento da temporada. Mesmo assim, o New England Patriots conseguiu 12 vitórias e 4 derrotas e só foi derrotado nos segundos finais da conferência AFC para o Denver Broncos, futuro campeão do Superbowl.

tom brady

 

 

Quem saiu e quem chegou para 2016?

O New England Patriots perdeu sua maior referência na linha defensiva. O defensive end Chandler Jones deixou o time e foi para o Arizona Cardinals. O time também perdeu um dos seus ícones defensivos: o linebacker Jerod Mayo, que se aposentou ao fim da temporada passada. Deixaram New England também os defensive tackles Dominique Easley, Sealver Siliga e Akiem Hicks, o wide receiver Brandon LaFell e o tight end Scott Chandler (também aposentado).

Para repor as perdas, o time trouxe dos Rams o veterano defensive end Chris Long, que sofreu em 2015 com uma lesão e rendeu abaixo do esperado, o tight end Martellus Bennett, o wide receiver Chris Hogan, o defensive tackle Terrance Knighton e o ofensive guard Jonathan Cooper.

 

O que esperar em 2016?

Os Patriots terão um grande problema no início da temporada. Tom Brady estará suspenso por quatro jogos por conta do escândalo das bolas murchas em 2014. Mesmo sem ele, o esquema do técnico Bill Belichick é muito bom e o reserva Jimmy Garopolo (foto) tem tudo para conseguir vitórias, fundamentais para o time. Os Pats contam com as voltas de muitos jogadores que estavam lesionados, estará mais forte em 2016 e continua sendo um dos times mais completos da NFL. Os Patriots nem sempre tem os melhores jogadores da liga em todas as posições, mas o conjunto torna o time uma máquina difícil de ser batida. Tom Brady e Rob Gronkowski formam a melhor dupla de passes na liga e dificilmente são parados. As lesões, porém, já voltam a assombrar a equipe. O running back Dion Lewis ficará 8 semanas fora e o linebacker Rob Ninkovic perderá quatro. Se conseguir se manter saudável, o New England Patritots deve novamente levar o título da sua divisão sem maiores problemas e brigar pelo quinto título de Superbowl da franquia.

jimmy