GUIA NFL 2016: veja o que mudou no Detroit Lions

A partir desta quinta-feira (08/09), começa a NFL 2016. São 32 times separados em duas divisões na briga pelo tão desejado título do Super Bowl. O Torcedores.com preparou um guia completo, falando um pouco mais dos 32 times. Você saberá o que mudou em relação ao ano passado, quem saiu, quem chegou, e as expectativas de cada time para a temporada. Neste texto, falaremos um pouco sobre o Detroit Lions. Confira:

Rodrigo Nascimento
Colaborador do Torcedores.com, amante dos esportes americanos e do automobilismo.

Crédito: Facebook oficial do Detroit Lions

LEIA MAIS:

A temporada de 2015 foi um ano para se apagar da memória do torcedor do Detroit Lions. A equipe sofreu com contusões de alguns de seus principais jogadores, e mesmo com o entrosamento entre a dupla Golden Tate e Matthew Stattford, o ataque teve um desempenho desanimador. Porém, a defesa do time de Detroit conseguiu ser ainda pior, e o resultado foi a terceira posição na divisão, com sete vitórias e nove derrotas. Para completar, um dos grandes destaques do time de ataque do Lions, Calvin Johnson, que era considerado um dos melhores wide receivers da NFL, resolveu se aposentar.

Para a temporada de 2016, as coisas não estão tão diferentes assim. O grande trunfo será o retorno de alguns jogadores que se lesionaram na temporada anterior, como o linebacker DeAndre Levy, que foi desfalque durante parte de 2015. O Lions se reforçou com duas opções para a vaga de Calvin Johnson: Marvin Jones e Anquan Boldin brigarão pela titularidade, já que Golden Tate não deve perder espaço na linha de ataque. Ainda assim, a grande aposta da equipe é na linha de defesa, que para evitar problemas com lesões, como aconteceu na temporada anterior, se reforçou (principalmente no draft), e ainda conta com o principal jogador do time na temporada passada: Ezekiel Ansah. Mesmo assim, a equipe de Detroit não tem pretensões muito ambiciosas para a nova temporada: apenas conseguir brigar em igualdade com Packers e Vikings (os grandes favoritos da divisão), já será um grande feito, já que na temporada passada, a equipe não se saiu bem nos confrontos dentro da divisão.

QUEM CHEGOU: as duas principais contratações do Detroit Lions para a temporada 2016, foi na intenção de encontrar um substituto para o wide receivers Calvin Johnson, que se aposentou. Para essa tarefa nada fácil, chegaram Marvin Jones (Cincinnati Bengals) e Anquan Boldin (San Francisco 49ers), mas ambos são jogadores de recursos limitados, em comparação ao seu antecessor. Também chegaram: Wallace Gilberry (DE – Bengals), Stevan Ridley (RB – Jets), Tavon Wilson (S – Patriots), Johnson Bademosi (CB – Browns) Andre Caldwell (WR – Broncos) e Stefan Charles (DT – Bills).

QUEM SAIU: a unica perda que com certeza vai fazer falta para a equipe de Detroit, se trata do running back Joique Bell, que apesar de não ter feito uma boa temporada em 2015, ainda era a melhor opção da equipe, que agora terá que se contentar com os serviços de Stevan Ridley. Ainda na linha de ataque, o Lions dispensou o center Darren Keyton, e na linha defensiva, o defensive tackle C.J. Wilson também foi dispensado.

EQUIPE: Detroit Lions

FUNDAÇÃO: 1930

ESTÁDIO: Ford Field

TÍTULOS DO SUPERBOWL: nenhum

TÉCNICO PRINCIPAL: Jim Caldwell