GUIA NFL 2016: Washington Redskins

A partir desta quinta-feira (08/09), começa a nova temporada da NFL. São 32 times separados em duas divisões na briga pelo tão desejado título do Superbowl. O Torcedores.com preparou um guia completo falando um pouco mais dos 32 times. Você saberá o que mudou em relação ao ano passado, quem saiu, quem chegou e as expectativas de cada time para a temporada. Neste texto, falaremos um pouco sobre o Washington Redskins. Confira.

Redação Torcedores
Textos publicados pela Redação do Torcedores.com.Contato: redacao@torcedores.com

LEIA MAIS:
GUIA NFL 2016 – ANÁLISE DOS 32 TIMES

 

WASHINGTON REDSKINS

fundação: 1925

títulos de Superbowl: 4 (1986, 1990, 2007, 2011)

rivais de divisão: Dallas Cowboys, New York Giants e Philadelphia Eagles

 

Como foi em 2015?

O “patinho feito” de 2015 que foi mais longe do que se esperava. O Washignton Redskins começou a última temporada sem grandes esperanças e terminou com o título da divisão leste da NFC. Com 9 vitórias e 7 derrotas, o time avançou aos playoffs e caiu na primeira rodada em casa para o Green Bay Packers.

 

O que funcionou/O que não funcionou em 2015?

Com três quarterbacks sem conseguir se firmar em 2014 e uma defesa que não inspirava confiança, o Washington Redskins chegou como candidato a mais uma vez ser o lanterna da divisão. Porém, o quarterback Kirk Cousins (foto) calou a todos e conseguiu se firmar como referência no ataque do time do técnico Jay Gruden. Ajudado pela bela boa performance da linha ofensiva (os Redskins foram um dos times que menos cederam sacks), pelo entrosamento com os veteranos wide receivers DeSean Jackson e Pierre Garçom e principalmente com o tight end Jordan Reed foi um dos principais fatores pelo sucesso em 2015. O time sofreu muito com a defesa, uma das cinco piores de 2015 e com as performances de seus running backs. Se os dois setores tivessem tido uma performance um pouco melhor, talvez os Redskins poderiam ter um resultado final nos playoffs melhor

kirk cousins

 

Quem saiu e quem chegou para 2016?

Com Kirk Cousins consolidado como titular absoluto, o espaço para Robert Griffin III acabou e o quarterback deixou a capital americana para ir jogar em Cleveland. O running back Alfred Morris não teve uma boa temporada e decidiu sair e assinar com o rival Dallas Cowboys.O defensive tackle Terrance Kinghton também deixou os Redskins.

O grande reforço do time para 2016 foi o cornerback Josh Norman (foto), destaque do Carolina Panthers em 2015 e um dos melhores da NFL. Além dele, chegaram dois jogadores do Denver Broncos: o safety David Brtuon e Vernon Davis, um dos melhores tight ends da NFL no passado, mas que não vive grande fase. No draft 2016, o time selecionou o wide receiver Josh Docson, que deve aprender bastante com Jackson e Garçon.

josh norman

 

O que esperar em 2016?

Se Kirk Cousins e a boa linha ofensiva conseguirem manter a performance de 2015, a tendência é que o Washington Redskins brigue de novo pela divisão. Os wide receivers são experientes e o ataque ainda conta com o talento do tight end Jordan Reed (foto). Se Vernon Davis retornar a boa fase, o ataque aéreo de Washington tem tudo para crescer ainda mais.

A falta de um jogo corrido e de um running back de mais talento podem atrapalhar o ataque.  Além disso, a defesa foi pouco reforçada, principalmente a linha defensiva e o grupo de linebackers. Se não demonstrar melhoras, o time deve sofrer assim como no ano passado, já que enfrentará grandes ataques em 2016. Vale lembrar que em 2015 O Washington Redskins ganhou a divisão, mas não com grande superioridade perante aos rivais e que neste ano enfrentará um calendário mais duro.