Torcedores – Notícias Esportivas

Mano fala sobre veto de Roberto de Andrade para retornar ao Corinthians após saída de Tite

Em entrevista ao jornal Folha de São Paulo, o técnico Mano Menezes falou dos problemas do futebol brasileiro, do retorno ao Cruzeiro e da relação com Roberto de Andrade, atual presidente do Corinthians. Afinal, quando Tite deixou o Timão rumo à Seleção, o mandatário anunciou que Mano não era um bom nome para o clube.

Péterson Neves
Jornalista com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação, Dialoog Comunicação e Comunicale. Contato: petersongneves@gmail.com

Crédito: Crédito da Foto: Montagem/Torcedores.com

LEIA MAIS
MARQUINHOS CONTA POR QUE SAIU DO CORINTHIANS APÓS A LIBERTADORES DE 2012
PRESIDENTE DO CORINTHIANS REVELA QUE REDUZIU DÍVIDA DO CLUBE EM R$ 140 MILHÕES
FÁBIO CARILLE, TÉCNICO INTERINO DO CORINTHIANS, QUER SEGUIR A MESMA LINHA DE TITE

“Futebol não é só mágoa. As pessoas têm suas preferências, ele [Roberto de Andrade] tem todo o direito de ter as dele, assim como eu tenho as minhas, e às vezes não quero assumir um trabalho porque não são as pessoas nas quais confio plenamente”, destacou Mano a publicação.

Livre no mercado em meados de junho, após o insucesso no Shandong Luneng, da China, o treinador era o nome preferido de torcida e imprensa para assumir a vaga deixada por Tite. Porém, Roberto de Andrade tratou de avisar que não iria procurá-lo

“O Mano Menezes não vem trabalhar comigo. Não gostaria. Não quero. Não tem o perfil de que gosto. Respeito o Mano, mas quero novidade, outras coisas”, disse o mandatário na mesma coletiva que anunciou a saída de Tite do Corinthians.

Após o fato polêmico, Mano permaneceu mais um mês desempregado e acertou o retorno ao Cruzeiro no final de julho. O técnico comanda um trabalho de recuperação para tirar o time da luta contra o rebaixamento.