Torcedores – Notícias Esportivas

Marquinhos conta por que saiu do Corinthians após a Libertadores de 2012

Uma das maiores revelações do Corinthians nos últimos anos, Marquinhos hoje é um dos zagueiros mais valiosos do mundo, onde atua pelo Paris Saint-Germain. Em participação no programa Bate Bola, da ESPN, o defensor contou o motivo e ter saído do Timão após a Libertadores de 2012, que foi ganha pelo clube alvinegro.

Roberto Junior
Jornalista. Como todo torcedor também gosto de dar meus pitacos. Fã da seleção italiana, do Milan e do Arsenal.

Crédito: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

LEIA MAIS
ALESSANDRO OFICIALIZA CARILLE E NÃO GARANTE AUXILIAR NO COMANDO ATÉ O FIM DE 2016
LÉO JABÁ FOCA NA FINAL DO SUB-20 PELO CORINTHIANS “NA HORA CERTA VOU SUBIR”

Marquinhos contou que um dos motivos que o levou a sair do Corinthians foi sua “imaturidade” no futebol profissional e a proposta vantajosa que recebeu em agosto de 2012, do Roma, da Itália.

“Aquele era um outro momento que eu estava vivendo na minha vida, um Marquinhos muito jovem que tinha acabado de ganhar a Copa São Paulo e depois subiu com 17 anos. Não tinha nem completado 18 ainda, estava crescendo no futebol, acabando de subir e conhecendo o que era o verdadeiro futebol profissional e tudo foi muito rápido na minha vida. Subi, fiquei seis meses no profissional apenas e veio a proposta do Roma, onde foi uma proposta muito boa e o treinador tinha muito interesse. Ele estava precisando do estilo de jogo, a filosofia que ele implantava era de utilizar jogadores jovens e depois de muita conversa com o clube (Corinthians), com minha família, com meu empresário a gente tomou essa decisão todo mundo junto”, explicou.

Corinthians e Roma acertaram o empréstimo de Marquinhos por uma temporada com o valor fixado em 3 milhões de euros (R$ 7,4 milhões na época). Uma temporada depois, o PSG comprou o defensor por 35 milhões de euros (R$ 101,5 milhões na época).