OPINIÃO: Glória, glória, aleluia, é Gabriel Jesus!

O canto da torcida palmeirense nunca fez tão sentido e Tite deve agradecer a Gabriel Jesus por sua estreia à frente do comando técnico da Seleção Brasileira, que não poderia ser melhor! O atacante marcou duas vezes no triunfo por 3×0 sobre o Equador, nesta quinta-feira (01), no estádio Atahualpa, em Quito, em duelo válido pelas Eliminatórias Sul-Americanas.

Luiz Felipe Longo
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Foto: Reprodução/Facebook CBF (Confederação Brasileira de Futebol)

LEIA MAIS:
EQUADOR X BRASIL: VEJA OS GOLS DA PARTIDA

Gabriel Jesus fez sua primeira partida com a camisa da Seleção Brasileira principal, justamente após conquistar a medalha de ouro. E quem achou que ele poderia sentir a pressão, enganou-se feio! O garoto foi o jogador mais ativo na partida, teve personalidade, buscou as jogadas, e ainda balançou as redes em duas oportunidades, e dois golaços, inclusive. O primeiro deles, o segundo do Brasil, ele apenas completou cruzamento de Marcelo, porém dando um toque de genialidade no lance. Depois, o atacante girou sobre a marcação e mandou quase no ângulo.

Portanto, Gabriel Jesus vai se credenciando como um dos principais talentos dessa nova geração brasileira, e uma grande esperança para a próxima Copa do Mundo, que será sediada na Rússia, em 2018. O garoto vai repetindo suas boas atuações de Palmeiras e tem tudo para ser o camisa 9 do país nos próximos anos, com uma personalidade acima de normal, muita mobilidade no setor ofensivo, bom posicionamento, agilidade e precisão nos arremates.

Além disso, Tite já vai dando sua cara à Seleção, principalmente ao escalar três volantes que são precisos no toque de bola e dão maior qualidade ao toque de bola no meio de campo, casos de Casemiro, Renato Augusto e Paulinho, fora o fato de sempre chegarem muito bem ao ataque. Na lateral esquerda, Marcelo tem tudo para reassumir seu posto, o qual nunca deveria ter perdido, mas precisa melhorar na recomposição. A dupla de zaga, formada por Miranda e Marquinhos, mostrou-se segura, assim como Alisson no gol. Neymar também esteve bem, não repetiu suas melhores atuações, mesmo assim teve boa atuação, movimentando-se bastante e procurando o jogo. Talvez quem tenha destoado foi Willian, que acabou substituído por Philippe Coutinho, o qual não conseguiu também dar maior brilho ao duelo.