Protesto contra arbitragem deve suspender Mano Menezes; veja o que ele falou

Além da derrota e dos jogadores suspensos para a próxima rodada, o Cruzeiro pode ganhar mais um problema: ficar sem Mano Menezes.

Bia Palumbo
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: Crédito da imagem: Yuri Edmundo/Lightpress/Site oficial do Cruzeiro

LEIA MAIS:
Agenda da semana: Confira o que está por vir no Cruzeiro
Apresentador ironiza derrota do Cruzeiro: “Botafogo foi o Galo do Mineirão”
Veja o que o técnico do Botafogo falou após vencer o Cruzeiro

“Teve algo determinante para o jogo, e acho que foram as falhas da arbitragem. Elas foram visíveis. Tirou a tranquilidade da nossa equipe. A gente fez um gol legal, a gente tomou um segundo gol em uma falta que absolutamente não houve. Eles cobraram rápido e fizeram o gol. Aí você soma: um menos para cá, um a mais para lá, e aí já temos uma condição diferente. Precisamos ficar atentos neste momento, acho que a gente merece alguém mais experiente, mais rodado, que saiba trabalhar em um nível de tensão mais alto. As coisas merecem ser analisadas tranquilamente, e hoje me parece que elas não foram”, reclamou Mano Menezes durante a entrevista coletiva após perder por 2 a 0 no Mineirão.

Acompanhe a seguir o relato da súmula assinada pelo árbitro:

Após o término da partida, informo que, no corredor de acesso ao vestiário da arbitragem, fomos abordados pelo sr. Luiz Antonio Venker Menezes, técnico da equipe do Cruzeiro, dizendo as seguintes palavras, referindo-se a mim, Rafael Traci: “Vai ver o impedimento que o seu bandeira deu no final e a falta que você marcou no segundo gol, seu sem vergonha”, repetindo incisivamente que eu era “sem vergonha”. Ato contínuo, referindo-se ao assistente 1, Bruno Boschilia, disse: “Vá ver o impedimento que você deu, seu bandeira de escolinha”.

Além da reclamação de Mano Menezes, a súmula aponta reclamação “acintosa e grosseira” de Sidnei de Espírito, auxiliar técnico do Cruzeiro, e que na saída do gramado após o término do jogo um torcedor arremessou líquido em direção à equipe de arbitragem.

A derrota por 2 a 0 em casa fez o Cruzeiro perder duas posições no Brasileirão. O time está em 14º, com 29 pontos em 24 jogos. Nas próximas rodadas o time celeste encara o São Paulo no Morumbi e o Atlético-MG em Belo Horizonte.