Rússia 2018: Concacaf define hoje o hexagonal

A partir das 21:15 horas (nove e quinze da noite) a Concacaf terá a definição dos últimos classificados para o hexagonal final que definirá os 3 representantes diretos e 1 seleção para disputar a repescagem intercontinental contra o 5º colocado da Ásia no caminho para a Copa do Mundo da Rússia em 2018. 4 seleções disputam os dois postos sendo que duas delas estão com as vagas bem encaminhadas: Estados Unidos e Honduras.

Redação Torcedores
Textos publicados pela Redação do Torcedores.com.Contato: redacao@torcedores.com

Crédito: Crédito: Reprodução/Site Concacaf via Getty Images

Entre as duas a situação mais confortável é a dos yankees. Com 10 pontos na tabela do Grupo C os comandados de Jürgen Klinsmann só precisam de um empate contra a já classificada seleção de Trinidad e Tobago, em Jacksonville na Flórida para ir adiante. O empate alias foi o resultado do primeiro encontro entre as seleções na primeira rodada da atual fase: 0x0 em Porto of Spain.

LEIA MAIS

RÚSSIA 2018: EL SALVADOR DENUNCIA HONDURAS

CONCACAF: RESTAM APENAS DUAS VAGAS NO HEXAGONAL

A única ameaça a tentativa americana de ir ao 8º mundial seguido é a Guatemala, no entanto, a seleção da América Central precisa de uma grande combinação de resultados para tirar o time do Tio Sam do hexagonal. A primeira parte não deve ser difícil: bater São Vicente e Granadinas, pior seleção da atual fase na Concacaf, por goleada de pelo menos oito gols de diferença para melhorar o saldo de gols (no primeiro duelo o placar terminou 4×0 a favor dos centro-americanos). A segunda é uma improvável derrota yankee em solo americano por diferença de pelo menos 5 gols.

Pelo Grupo A certamente ocorrerá a disputa mais acirrada. Honduras chegou aos 7 pontos ao bater o adversário direto Canadá por 2×1 – de virada e com gol no último minuto de jogo – na última rodada. Teoricamente tem vida mais fácil que o time da América do Norte pois um empate também lhe garante a classificação. O problema é que o adversário será o México, rival continental histórico e líder geral da atual fase das Eliminatórias da Concacaf com 15 pontos em 15 pontos possíveis, pior, La Tri quer fazer 18 pontos para garantir uma tabela mais confortável, além disso os comandados de Juan Carlos Osório ainda tentam apagar a péssima imagem deixada pela derrota por 7×0 para o Chile na Copa América Centenário 2016.

E é exatamente por conta desses detalhes que o Canadá ainda acredita numa ida ao hexagonal decisivo. Caso os mexicanos repitam o placar da segunda rodada (vitória por 2×0 contra Honduras) o Canadá vai precisar de pelo menos 4 gols contra a já eliminada El Salvador que vem de derrota por 3×1 em casa para o México. A situação pode ficar menos complicada para os canadenses se o placar a favor dos mexicanos tiver diferença superior a 3 gols. Em um cenário de vitória mexicana por 3×0, por exemplo, os Hondurenhos passarim a ter saldo -3 e 9 gols sofridos, sendo 1 deles do Canadá em casa, assim bastaria a seleção canadense vencer El Salvador pelo mesmo placar pois iria pra saldo -2 e 7 gols sofridos.

Um 2×0 a favor dos vermelhos combinado a um 3×0 pró-Mexico também ajuda pois o saldo de gols ficaria igual ao hondurenho em -2 mas passaria nos 7 gols sofridos contra 9. O fator complicador ao Canadá é que nas atuais eliminatórias o placar mágico de 3×0 (que precisa nos dois jogos) só aconteceu a favor dos mexicanos: contra o próprio Canadá na 3ª rodada e El Salvador na estréia.

O tempero extra na disputa entre canadenses e hondurenhos é a denúncia feita pelos jogadores da Seleção de El Salvador de uma suposta oferta de mala branca para vencer o jogo contra o Canadá em Vancouver e assim liberar Honduras da obrigação de conquistar ao menos 1 ponto contra o México fora de casa.

Pelo Grupo B Costa Rica e Panamá jogam apenas para definir quem será primeiro e segundo. A outra partida da noite, entre Jamaica e Haiti terá caráter amistoso, uma exceção em uma rodada que promete fortes emoções na Concacaf.