Santos: Saída de auxiliar é uma vitória de Dorival nos bastidores

O Santos confirmou nesta terça-feira a saída de Marcelo Fernandes da função de auxiliar. Foi uma vitória do técnico Dorival Júnior nos bastidores do clube.

Renan Prates
Jornalista de esportes desde 2005, com passagem pelo UOL e Terra. Editor de comunidades do Torcedores.com e blogueiro do renanprates.com

Crédito: Foto: Ivan Storti/ Flickr oficial do Santos FC

LEIA MAIS:
DORIVAL JR TERIA AFASTADO MARCELO FERNANDES DO CARGO DE AUXILIAR TÉCNICO
DORIVAL PROJETA FUTURO NO PEIXE: “ESPERO QUE CONTINUE POR MAIS TEMPO”

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

O Torcedores.com apurou que a relação entre os dois não era boa. Pessoas ligadas ao treinador do Santos relataram que Marcelo nunca aceitou o fato de deixar de ser treinador do Santos. Afinal de contas, ele tinha sido campeão paulista em 2015, e foi “rebaixado” para a condição de auxiliar por uma campanha fraca no Brasileirão do mesmo ano.

Dorival Júnior pediu a saída de Marcelo Fernandes para a diretoria e foi atendido. No sábado, ele comunicou a decisão ao profissional, conforme informação divulgada pela Rádio 105 FM.

O presidente do Santos, Modesto Roma, não quis desligar Marcelo Fernandes do clube. Por isso, tinha um dilema a resolver: como atender ao pedido de Dorival sem deixar de contar com o trabalho do auxiliar? Foi aí que surgiu o convite para que ele exercesse outra função.

“O auxiliar técnico Marcelo Fernandes não faz mais parte do Departamento de Futebol Profissional do Santos FC. Campeão Paulista em 2015 como treinador, Marcelo, que está no clube desde 2011 na função de auxiliar, foi convidado a integrar o projeto de parceria entre o Santos e o futebol da China, assinado recentemente. A ideia do projeto é lançar escolas de futebol do Peixe na Ásia, além de criar uma troca frequente de experiências e metodologias de trabalho entre os dois países por meio do Santos Futebol Clube. Marcelo foi escolhido, pois a diretoria do Santos acredita que ele tem perfil, potencial e a experiência necessárias para desenvolver este importante trabalho”, informou o Santos em nota.

Mas pelo que a assessoria do Santos informou, Marcelo Fernandes ainda não aceitou o convite oficialmente. A definição da situação do auxiliar deverá acontecer na próxima segunda-feira.