Vaia? Adversário de Renan Barão no UFC Brasília se mostra ‘pronto para pressão’

Na co-luta principal do UFC Brasília deste sábado (24) contra Renan Barão, o americano Philippe Nover não terá apenas um adversário disposto a se dar bem dentro de casa e a vencer a primeira nos penas. Também terá de lidar com a pressão da torcida, com mais e o já famoso ‘uh, vai morrer!’. Uma pressão que o lutador garante que não sentirá tanto assim.

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Reprodução/Instagram

LEIA MAIS

DEREK BRUNSON PEDE CHANCE DE LUTAR PELO TÍTULO DOS MÉDIOS

AGORA NÃO! DANA WHITE NEGA QUERER ‘TRILOGIA MCGREGOR X DIAZ’

O americano disse que está pronto para aguentar a chuva de vaias da torcida brasiliense quando entrar no octógono para enfrentar o ex-campeão dos galos do Ultimate e que tenta achar uma saída de deixar a pressão da torcida longe de sua cabeça.

“Mesmo lutando na casa do meu adversário, não sinto tanta pressão. Sei que terá muitas vaias, mas eu vou sorrir. Talvez há uns cinco ou seis anos,  eu sentiria mais pressão lutando um evento do UFC na casa do meio adversário”, disse Nover em entrevista ao Uol Esporte.

Enfrentar Barão, um ex-campeão no Ultimate e estrelar uma das lutas mais importantes do card do próximo sábado (24) é um momento bastante especial para o americano, que tem apenas outras duas lutas em seu currículo com a organização.

“Essa é a maior luta da minha carreira. É uma honra dividir o octógono com o Renan. Pedi por essa luta, falei com meu time e acredito que fiz o meu melhor para ter essa chance”, afirmou.

No UFC Brasília deste final de semana, a luta principal será o confronto entre Cris Cyborg e Lina Lansberrg, em peso combinado.

 

(Crédito da foto: Reprodução/Instagram)