Veja como foi a audiência dos Jogos Olímpicos Rio 2016 na TV

Os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 2016 ficarão marcados para sempre, principalmente no Brasil, onde houve cobertura nunca vista antes da mídia brasileira, inclusive com grande participação do Torcedores.com. 

Mohamed Nassif
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Reprodução/Facebook

No Brasil, as Olimpíadas tiveram uma grande audiência, principalmente nos esportes mais populares. Famosos atletas internacionais fizeram sucesso no país e também tiveram seus desafios assistidos por milhares de brasileiros.

A Kantar Ibope Media fez um levantamento e apresentou os destaques de audiência das principais modalidades, ateltas envolvidos e também o aproximado número de indivíduos e domicílios que acompanhar os Jogos Olimpícos. A pesquisa também aponta qual o gênero que mais acompanhou a Olimpíada e as classes sociais, também. Foi usado a rede social Twitter para levantar alguns dados, como atletas mais comentados. Confira alguns interessantes dados:

63,4 milhões de pessoas assistiram ao menos um minuto dos Jogos Olímpicos Rio 2016. Isso é equivalente a 93% das pessoas, que significou 98,3% das casas.

O evento que mais audiência teve foi a Cerimônia de Abertura. Mais de 28 milhões de indivíduos acompanharam a abertura dos jogos, em mais de 17 milhões de domicílios. Entre eles, 38% representam a Classe A, 48% a Classe B e 14% as classes C e D. A maior parte pertencem ao sexo feminino, com 57%, enquanto o masculino teve 43%.

A final do Futebol Masculino, entre Brasil e Alemanha que garantiu o ouro inédito para a seleção brasileira teve 25,7 milhões de pessoas acompanhando e foi o segundo evento mais assistido dos jogos. Na terceira posição, a Cerimônia de Encerramento, que contou com a audiência de 24,2 milhões de pessoas.

A quarta posição ficou com o futebol feminino. O jogo entre Brasil e Austrália pelas quartas de final da competição teve o público de 22,5 milhões. O futebol também esteve na quinta e sexta posição. As duas com o masculino. Brasil e Dinamarca com 21,1 milhões e Brasil x Colômbia, com 20,4 milhões.

O primeiro evento fora o esporte mais popular do país a aparecer na lista foi a Ginástica Masculina no dia 10 de agosto, que teve 19,3mi. Em seguida, a mesma Ginástica Masculina, mas de dois dias antes, com 19 milhões. O futebol completou a lista dos 10 eventos mais assistidos, com o masculino em Brasil x Irã, com 18,8 milhões e no feminino, com Brasil x África do Sul, com 18,7 milhões de telespectadores.

Como os números acima mostraram, o futebol foi responsável pelo maio número de audiência total dos Jogos. 30,5% dos comentários no Twitter foram do esporte, tendo Neymar como o jogador mais comentado. Confira a lista dos esportes com maior audiência nos jogos, em milhões de pessoas:

Futebol- 55,4 milhões

Vôlei de Praia – 50,4 milhões

Ginastica artística/rítmica e trampolim – 49,1 milhões

Vôlei – 45,8 milhões 

Judô – 41,7 milhões 

Handbol – 40 milhões

Atlestismo 38,3 milhões

Basquete 36,7 milhões

boxe – 36,2 milhões

natação – 28,5 milhões

Alguns esportes atingiram o maior número de audiência quando brasileiros conquistando medalhas, como o judoca Rafael Silva, que chegou a ter 7,3 milhões de pessoas o assistindo quando conquistou o bronze.

O lendário Usain Bolt conseguiu chamar a atenção de 13,6 milhões de pessoas em sua prova nos 100m.

Thiago Braz, que emocionou o Brasil conquistando o ouro no salto com vata, foi assistido por 15,7 milhões de pessoas, na final. Arthur Zanetti, nas argolas, teve mais de 12,4 milhões de pessoas o acompanhando. Robson Conceição, no Boxe, gerou a audiência de mais de 16,5 milhões de indivíduos. O Vôlei de Praia feminino, quando brasileiras e alemãs se enfrentaram, teve 10,5 milhões de telespectadores. O Vôlei masculino chegou a uma audiência de 18 milhões na final entre Brasil e Itália.

Esportes menos populares no Brasil também tiveram grande audiência. Na Vela feminina, mais de 7 milhões de pessoas acompanharam o ouro conquistado por Martine Grael e Kahena Kunze.

Várias emissoras transmitiram os jogos. Foram elas: Sportv, com 16 canais, Espn, com três canais, Fox Sports, com dois canais, Bandsports, Band, Globo, Record e  Record News, com um canal cada.