Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Champions da África: Time de Dolly goleia e fica perto do Mundial

Contando com o meia Keagan Dolly, destaque do Rio 2016, o Mamelodi Sundowns venceu o Zamalek por 3 a 0, pela ida da final da Champions League africana. O torneio define o representante do continente no Mundial de Clubes.

Redação Torcedores
Textos publicados pela Redação do Torcedores.com.Contato: redacao@torcedores.com

Crédito: Reprodução/Instagram oficial Mamelodi Sundowns

LEIA MAIS:

David Luiz tenta dar voleio, erra e bate com a cabeça no chão; assista

Com o resultado deste sábado, a equipe da África do Sul jogará pelo empate na volta, marcada para o dia 23 no Egito.

Jogando diante de sua torcida no Lucas Moripe Stadium, o clube de Pretória dominou o primeiro tempo. Trocando passes com facilidade no campo adversário, os sul-africanos abriram o placar aos 31 minutos. O volante Hlompho Kekana deu um longo passe para o atacante liberiano Anthony Laffor, que dominou e chutou forte para o fundo da rede.

Mantendo o ritmo forte, o Sundows ampliou aos 39. O lateral-esquerdo Tebogo Langerman chutou de longe e encobriu o goleiro Ahmed El-Shenawy, em um lance que lembrou o gol de Ronaldinho Gaúcho contra a Inglaterra na Copa do Mundo de 2002.

Os donos da casa continuaram dominando a partida na etapa complementar, e marcaram logo no primeiro minuto. Dolly deu um lindo toque rasteiro para Percy Tau, que completou com categoria.

Mostrando uma defesa frágil e criando pouco no ataque, o Zamalek não conseguiu reagir. Agora, para ficar com conquistar seu sexto título africano, os egípcios precisarão vencer por quatro gols de diferença em Alexandria.

RELAÇÃO COM O BRASIL

Potência do futebol doméstico, o Mamelodi Sundowns é o atual campeão nacional. O time de Pretória também é o clube mais brasileiro do país de Nelson Mandela. Começando pelo uniforme principal, idêntico ao da seleção pentacampeã mundial. Não à toa, o apelido da equipe é “Brazilians” (brasileiros, em inglês).

Em seu elenco, o time da capital administrativa da África do Sul conta com o brasileiro Ricardo Nascimento. O zagueiro, entretanto, não está inscrito na Liga dos Campeões. Para o atleta revelado pelo Rio Branco-SP, resta torcer pelo título, que lhe daria a chance de disputar o Mundial de Clubes. O torneio da Fifa, por sinal, foi a razão pela qual o jogador trocou o futebol português pelo sul-africano no meio de 2016.

Outro elemento que liga o Sundowns ao Brasil é o técnico Pitso Mosimane, que fez parte das comissões técnicas de Carlos Alberto Parreira e Joel Santana na seleção da África do Sul.

Já durante os Jogos Olímpicos de 2016, Dolly entrou para a lista de desejos dos torcedores de clubes brasileiros. Tudo por causa de sua atuação no empate em 0 a 0 com o Brasil. Na época, o jogador comentou com o Torcedores.com sobre a invasão de corintianos em suas redes sociais.