Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Com novidades, veja a provável escalação do Corinthians contra o Flamengo

O Corinthians encerrou na manhã deste sábado a preparação para o duelo contra o Flamengo, neste domingo, às 17h (horário de Brasília), no Maracanã, pela 32ª rodada do Brasileirão.

Rafael Alaby
Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)

Crédito: Foto: © Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

LEIA MAIS:
Flamenguista, Glenda Kozlowski revela que já foi escoltada pela torcida do Corinthians 
Corinthians já sabe qual perfil de reforços buscará para 2017 

Após o aquecimento e a tradicional rodada de bobinho, o técnico Oswaldo de Oliveira comandou um treino tático. Sem o zagueiro Pedro Henrique, suspenso, Vilson treinou entre os titulares e vai iniciar a partida ao lado de Balbuena. A outra novidade foi o volante Willians, que ocupou a vaga de Camacho, com o intuito de reforçar a marcação.

A emoção é aqui, no SBT!

#GrandeFinalnoSBT

Na meia, Marquinhos Gabriel levou a melhor a briga com Marlone e treinou entre os 11 iniciais. O camisa 31 cumpriu suspensão contra o América-MG, no último final de semana.

Na frente, Guilherme foi mantido como “falso 9”.

Durante a atividade, Oswaldo de Oliveira trabalhou a bola parada em escanteios.

Recuperado de dores musculares, o centroavante Gustavo treinou entre os reservas e pode ser relacionado para o jogo.

Vale lembrar que na última quarta-feira, o alvinegro perdeu para o Cruzeiro (4 a 2), no Mineirão, e foi eliminado nas quartas de final da Copa do Brasil.

Sétimo colocado, com 48 pontos ganhos, o Corinthians deve entrar em campo com: Walter; Fagner, Balbuena, Vilson e Uendel; Willians; Giovanni Augusto, Rodriguinho, Marquinhos Gabriel e Romero; Guilherme.

O Timão, que vem de duas vitórias seguidas, tem chances de terminar a rodada no G-6. Para isso precisa vencer o rubro-negro e torcer para que o Atlético-PR não derrote o lanterna América-MG, na Arena Independência.

As melhores notícias de esportes, direto para você