Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Contole antidoping brasileiro recebe críticas da Wada

O controle antidoping do Brasil recebeu mais uma vez críticas por parte da Agência Mundial Antidopagem (Wada). A organização publicou nesta quarta-feira (19) uma auditoria feita em agências antidopagem de todo o mundo e colocou o país na lista dos que não estão em conformidade com as regras da Agência.

Victor Martins
Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.Antes trabalhei para a GG12 (empresa de prestação de serviços de conteúdo para sites)

Crédito: Reprodução/Facebook Oficial da Wada

LEIA MAIS

CHAMPIONS LEAGUE: VEJA A CLASSIFICAÇÃO ATUALIZADA APÓS OS JOGOS DO DIA

GIROUD, DO ARSENAL, DESAFIA IRLANDÊS MCGREGOR: ‘QUANDO QUISER!

Segundo a organização, o Brasil está ao lado de Azerbaijão, Indonésia, Grécia e Guatemala na lista dos países que estariam descumprindo as normas ditadas pela Wada na caça ao doping e teriam até o próximo dia 10 para estar de acordo com todos os pedidos feitos pela agência, que variam desde  legislações que não estão de acordo com o Código, ou uso de laboratórios não-credenciados ou problemas com seu programa de combate ao doping.

“O Comitê concluiu que as agências nacionais de controle antidoping dos seguintes países não cumpriram com o código de 2015 e, caso não estejam de acordo com as normas até 10 de novembro, a Wada irá solicitar que estes países entrem na lista de não-conformidades no Encontro dos Fundadores, que será realizado em Glasgow (Escócia), dia 19”, divulgou a Wada.

É a segunda vez em dois anos que o Brasil, que chegou a ter o laboratório responsável pelos exames (LBCD) descredenciado pouco antes dos Jogos Olímpicos do Rio 2016, entra em uma lista de nações cujos controles contra o uso de substâncias ilegais não estão de acordo com os pedidos pela agência, com o país tendo entrado em uma lista semelhante em 2015.

(Crédito da foto: Reprodução/Facebook Oficial da Wada)