Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Enderson analisa derrota do América: “O Palmeiras teve de se esforçar”

Neste último domingo, o América-MG deu mais um passo rumo à Série B, ao não conseguir surpreender o líder Palmeiras e ser derrotado por 2×0.

Victor de Freitas
Baiano, 25 anos, jornalista formado pela Universidade Jorge Amado (UniJorge). Apaixonado por esportes em geral, de preferência basquete, tênis e futebol. Contato: victorw10@outlook.com

Crédito: Foto: Divulgação/AMG

LEIA MAIS:
Pelé no Sport? Quase! Veja essa e outras curiosidades sobre o futebol nordestino
Conheça o Llanfairpwllgwyngyll F.C., o clube de futebol com o nome mais longo do mundo
CONFIRA COMO FICARAM OS GRUPOS DA COPA DO NORDESTE 2017
Você Sabia? Novo prefeito de São Paulo, João Dória é santista fanático
Eleições 2016: Saiba como foi o desempenho de ex-jogadores e jornalistas esportivos nas urnas

Para o treinador americano, Enderson Moreira, a atuação do Coelho merece elogios, apesar de ter sofrido um revés para o Palmeiras. Na visão do técnico, o time conseguiu dificultar o jogo e fazer com que o líder tivesse de se esforçar para conquistar o resultado positivo.

“Os primeiros 30 minutos a gente repetiu o que fizemos em Curitiba, o time não estava ligado como a gente esperava. Sofremos o gol e eles tiveram chance de ampliar. Controlamos um pouco. No fim do primeiro tempo a gente conseguiu controlar a partida. Todos os adversários são difíceis. No segundo tempo, fizemos um jogo bom, controlando o time deles e buscando, mas errando na última jogada, na finalização. O Palmeiras não passou por cima do América-MG. Teve que se esforçar. Tocamos a bola, chegamos a ter o controle do jogo. Todo jogo é difícil”, destacou Enderson.

Após perder para o líder, o América-MG agora se prepara para um duelo contra o terceiro colocado do campeonato, o Atlético-MG, na quinta-feira.

“Temos que, de alguma forma, fazer de tudo para recuperar. De hoje até quinta-feira isso é possível, complicado vai ser de quinta para domingo, que o espaço é curto. Vamos ver os atletas, como se recuperam, para a gente colocar o pessoal inteiro contra o Atlético-MG”, disse.

Com o resultado sofrido em Londrina, o América se manteve com 21 pontos, na última posição.