GSP afirma que não é mais contratado do UFC

Georges St-Pierre não é mais lutador do UFC. Ao menos contratualmente, segundo o próprio lutador em entrevista feita nesta segunda-feira (17) ao programa ‘The MMAHour’, do site MMAFighting, no qual GSP disse que não tem mais vínculo com a organização.

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Reprodução/Instagram

LEIA MAIS

ANDERSON SILVA POSTA HOMENAGEM A DEZ ANOS DE CONQUISTA DE TÍTULO

EX-CAMPEÃO DO UFC, JON JONES É FINALIZADO POR GAROTA EM TORNEIO NOS EUA

O contato do canadense com o Ultimate era datado de 2011 e não foi renovado após conversas entre o lutador e a organização. Agora ‘agente livre’, o ex-campeão dos meio-médios poderá assinar com qualquer outra organização que desejar.

“É isso que você ouviu, agora sou agente livre. Foi um choque, porque eu achei que estávamos progredindo e estávamos perto de acertar (um novo contrato)”, declarou St-Pierre.

Uma das principais estrelas do UFC na década passada e um dos campeões de maior longevidade no evento, GSP se afastou do octógono após uma controversa vitória em cima de Johny Hendricks em 2013 para cuidar de assuntos pessoais, mas neste ano decidiu retornar ao MMA.

O lutador cogitava voltar no final do ano e até entrou para a lista do antidoping da organização, chegando a ser especulado para lutar no UFC 206, no Canadá, mas o chefão da entidade descartou várias vezes o retorno de St-Pierre, afirmando que ele ‘não teria mais desejo de lutar’.

(Crédito da foto: Reprodução/Instagram)