Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Há exatos 6 anos, Corinthians de Ronaldo e Roberto Carlos vencia o Palmeiras no Pacaembu

Em 2010, o time do Corinthians ganhou do alviverde por 1 a 0 e, na época, quebrou um tabu de cinco jogos sem vitórias do Timão sobre o Palmeiras em Campeonatos Brasileiros.

Redação Torcedores
Textos publicados pela Redação do Torcedores.com.Contato: redacao@torcedores.com

Crédito: Foto: Reprodução/Youtube

LEIA MAIS:
3 lições que o Corinthians tirou do jogo contra o Flamengo

Atualmente, o dérbi paulista não está rendendo muitas alegrias ao time alvinegro. Em 2016, foram três jogos e três derrotas. Pelo Campeonato Paulista, o Palmeiras venceu o Corinthians no estádio do Pacaembu depois de 21 anos, pelo placar de 1 a 0, e no Brasileirão, triunfou nos dois turnos, por 1 a 0, no Allianz Parque, e por 2 a 0, em Itaquera.

Porém, lá em 2010, a situação da equipe era outra. Diferente do elenco mais modesto que o Timão possui hoje, naquele ano, do centenário do clube, a equipe contava com duas estrelas do Futebol mundial, Ronaldo e Roberto Carlos. Além disso, o alvinegro também era bem estruturado e montado pelo técnico Tite, já que tinha a mesma base do elenco vitorioso de 2009 de Mano Meneses, campeão do Paulistão e da Copa do Brasil, como Elias, Ralf, Chicão, Willian, entre outros.

Nessas circunstâncias, o Corinthians brigava pelo Brasileirão daquele ano, disputando a liderança com Cruzeiro e Fluminense. O jogo contra o Palmeiras, de Felipão, válido pela 31ª rodada da competição, era fundamental sair com a vitória.

Apesar de grandes jogadores há mais tempo no time e mais acostumados com a camisa do Corinthians, quem resolveu a partida marcando o gol da vitória foi Bruno César, que havia chegado ao clube naquele ano. No primeiro tempo, após uma boa jogada iniciada por Jucilei, a bola chegou até Roberto Carlos, que ameaçou o chute, mas só ajeitou para Bruno acertar um bom chute de fora da área e ainda contar com o desvio do palmeirense Marcos Assunção antes de passar pelo goleiro Deola e ir para no fundo do gol.

Vela destacar também que o goleiro Júlio Cesar teve uma ótima atuação no confronto, principalmente na segunda etapa.

Relembre os melhores momentos da partida:

 

 

As melhores notícias de esportes, direto para você