Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Maradona 56 anos: Confira narrações históricas do gol “la mano de Dios”

Um gol polêmico da Argentina diante da Inglaterra nas quartas de final da Copa do Mundo de 1986 marcado por Diego Maradona ficou conhecido como “La Mano de Dios”.

Bia Palumbo
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: Crédito da imagem: 2010 FIFA World Cup Organising Committee South Africa / Site oficial Maradona

LEIA MAIS:
Maradona 56 anos: Assista a grandes lances da carreira do argentino
Maradona 56 anos: Relembre 56 frases marcantes do “Pibe de Oro”

“Lo marqué un poco con la cabeza y un poco con la mano de Dios”, justificou Maradona ao ser questionado sobre usar o punho para desviar a bola para o gol de Peter Shilton. Os jogadores ingleses reclamaram, mas o tunisiano Ali Ali Bennaceur validou o gol marcado em 22 de junho de 1986 no Estádio Azteca, na Cidade do México.

Victor Hugo Morales (rádio argentina, narração em espanhol)

Osmar Santos (TV Globo) – adiante o player até o minuto 2:32

BBC (emissora da Inglaterra)

Fernando Palomo (ESPN)

Quatro minutos depois, Maradona marcou o segundo gol da Argentina em momento registrado como um dos maiores gols de todos os tempos porque o camisa 10 driblou seis jogadores antes de balançar a rede. Gary Lineker fez o gol de honra dos ingleses.

Os argentinos se classificaram, venceram a Bélgica por 2 a 0 na semifinal e a Alemanha Ocidental por 3 a 2 na decisão. O bicampeonato aconteceu oito anos após o título mundial em casa na Copa do Mundo de 1978.

ESCALAÇÕES – Argentina 2 x 1 Inglaterra – Copa do Mundo 1986:
ARGENTINA – Pumpido; Cuciuffo, Brown, Ruggeri e Olarticoechea; Batista, Giusti, Enrique e Burruchaga (Tapia 30´do 2º T); Maradona e Valdano. Técnico: Carlos Bilardo.
INGLATERRA – Shilton; Stevens, Butcher, Sansom e Reid (Waddle 19´do 2º T); Fenwick, Steven (Barnes 29´do 2o T) e Hoddle; Hodge, Lineker e Beardsley . Técnico: Bobby Robson.