Nobre diz que vitória do Palmeiras contra WTorre evitou “desastre”

Na manhã desta terça-feira (4), o Palmeiras recebeu uma importantíssima notícia a respeito de uma disputa do clube com a WTorre, administradora do estádio Allianz Parque. O Verdão venceu a disputa judicial sobre a propriedade das cadeiras do Allianz Parque. Por isso, o presidente Paulo Nobre explicou toda a situação em entrevista coletiva, deixando claro que a decisão a favor evitou um “desastre” nas finanças do clube.

Marcel Thomé
Colaborador do Torcedores.com

Crédito: Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras

LEIA MAIS: 

MERCADO DA BOLA 2016: VERDÃO RENOVA CONTRATO DE MAIS DOIS JOGADORES
MAURO BETING DETONA IMPRENSA APÓS VITÓRIA DO VERDÃO CONTRA O SANTA CRUZ

Estamos aqui hoje para explicar um pouco para toda a família Palmeiras o que aconteceu na manhã de hoje, a decisão da primeira arbitragem promovida pela WTorre contra o Palmeiras. O tribunal arbitral entendeu que a interpretação do Palmeiras sobre o contrato tinha força, que na verdade o Palmeiras levou ao tribunal um calhamaço de documentos comprovando tudo aquilo que foi combinado em 2007 e 2008 e acabou sendo assinado em 2010 de maneira não tão clara, o que fez a parceira ter uma interpretação completamente diferente do combinado“, explicou o presidente do Palmeiras.

O clube alviverde entendia que a construtora tem direito de comercializar apenas 10 mil cadeiras, enquanto a WTorre acreditava ser responsável pelo total (40 mil).

Está em dúvida sobre qual curso de faculdade escolher?

O Palmeiras entendia que por tudo que havia sido combinado, o Palmeiras teria direito a 30 mil lugares, e a parceria a 10 mil. Eram mais de 20 pontos de divergência, mas esse era o principal. O Tribunal confirmou aquilo que foi exaustivamente combinado, discutido em 2007 e 2008“, disse comandante alviverde.

Pode parecer uma coisa simples, que não foi uma grande vitória. Caso a interpretação não fosse a do Palmeiras, fosse a da parceria, seria um desastre na vida da Sociedade Esportiva Palmeiras. As próximas três décadas do clube estariam comprometidas financeiramente“, continuou Nobre.

O Palmeiras tem na arena não só algo que pode ser explorado em dia de jogos. Da maneira que o Palmeiras combinou que seria a convivência, abrange vários outros campos que poderiam ser totalmente destruídos caso a vitória não acontecesse. Com a decisão, o Palmeiras vê salvaguardados seus direitos, vê seus planos podendo seguir em frente, e tudo o que plantamos nos últimos quatro anos sem a possibilidade de sucumbir“, afirmou o mandatário do Verdão, lembrando que vários outros pontos ainda estão em discussão, porém, a propriedade das cadeiras era visto como crucial na disputa.