Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Polêmica com Reebok tira emprego de Werdum como comentarista

A lista de polêmicas que envolvem o UFC e a Reebok, patrocinadora de material esportivo da organização ganharam mais um capítulo nesta sexta-feira (28). Fabrício Werdum, em uma postagem no Instagram, afirmou que perdeu o cargo de comentarista das transmissões em espanhol do Ultimate por uma foto que postou com o logo da Nike no lugar da fornecedora da entidade.

Victor Martins
Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.Antes trabalhei para a GG12 (empresa de prestação de serviços de conteúdo para sites)

Crédito: Crédito da foto: Reprodução/Instagram oficial de Fabricio Werdum

LEIA MAIS

EX-CAMPEÃO DO UFC PERDE TRÊS CARROS EM INCÊNDIO CRIMINOSO NOS EUA

BICAMPEÃ OLÍMPICA NO JUDÔ, KAYLA HARRISON TROCARÁ O ESPORTE PELO MMA

Na postagem, o ex-campeão dos pesos-pesados do Ultimate esclareceu o caso e também fez críticas aos pagamentos da empresa aos lutadores desde que a fornecedora fechou contrato com o UFC.

“Como não tenho contrato com a Reebok, apenas tenho que usar a roupa no dia da luta, não aconteceu nada e não rolou multa. No entanto, me tiraram das transmissões do UFC como comentarista, no qual trabalhei nos últimos três anos e fiz um trabalho excelente, sendo considerada a melhor transmissão em espanhol do mundo. Não fiquei feliz com isso e achei um absurdo”, escreveu ‘Vai Cavalo’

“Antes da Reebok entrar no UFC, eu ganhava 100, 150 e até 200 mil e agora ganho cinco mil por luta, o que não acho justo. Ganhar isso depois de 20 anos de MMA, não acho legal e estou aqui para protestar”, adicionou.

Mesmo com o problema com a Reebok, Werdum tem luta marcada no UFC 207, no dia 30 de dezembro, onde fará a revanche com Cain Velasquez.

(Crédito da foto: Reprodução/Instagram oficial de Fabricio Werdum)