5 motivos para o UFC 205 ser o maior card da história

O UFC 205 acontecerá no próximo sábado (12) no Madison Square Garden, em Nova York. A primeira visita do Ultimate a Big Apple reservou um card de peso, com boa parte dos principais lutadores da organização. E, influenciado pela ‘capital midiática do mundo’, Torcedores.com enumera os 5 motivos que farão o evento ser o maior da história da companhia de Dana White.

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Crédito da foto: Reprodução/Twitter/UFC

LEIA MAIS

EM CRISE, FLUMINENSE FALA EM MUDAR ESQUEMA TÁTICO

UFC MÉXICO: CONFIRA TODOS OS RESULTADOS DO CARD DE SÁBADO

NOVA YORK

Depois de anos lutando para legalizar o MMA no único estado americano que não o fazia, o UFC finalmente venceu a briga e conseguiu ultrapassar a última barreira dentro de sua terra natal. E para fazer a estreia em uma das mecas do esporte ianque, trouxe uma de suas principais estrelas (Conor McGregor), várias lutas pelo cinturão e ex-campeões tentando se recuperar no octógono. E, claro, gente da própria Nova York (Chris Weidman) ou redondezas (Frankie Edgar, este de Nova Jersey)

MSG LOTADO

Com capacidade próxima de 20 mil pessoas (ou até mais do que isso, em lutas de boxe), o Madison Square Garden já teria quebrado um recorde antes mesmo de acontecer, segundo o chefão do Ultimate, Dana White. A Fox americana, Dana declarou que o UFC 205 já detém a marca de maior renda em público presente da história da arena, ultrapassando a marca estabelecida em uma luta entre Evander Holyfield e Lennox Lewis em 1999. Os números ainda não foram divulgados, mas se a tendência for essa… a mitagem do evento começou da melhor forma.

RECORDE DE PAY-PER-VIEW

O UFC não divulga de forma oficial os números de pacotes de pay-per-view vendidos, mas estimativas apontam que o UFC 202, que teve McGregor em sua revanche contra Nate Diaz, como o recordista de vendas, com 1.650.000 de pacotes vendidos. Com o irlandês de novo como astro principal do card e todo o hype gerado por sua presença, será que o evento deste sábado conseguirá ultrapassar essa marca? Até mesmo chegar aos dois milhões de pay-per-views vendidos? Só esperando o dia para saber…

DISPUTAS DE CINTURÃO

O evento do final de semana tem, sozinho, uma atração própria que o pode tornar épico e muito se deve a ter três disputas de cinturão. Conor McGregor terá pela frente Eddie Alvarez na tentativa de se tornar campeão dos leves como a luta principal, além de um duelo 100 % polonês entre Joanna Jedrzejczyk e Karolina Kowalkiewicz pelo título dos palhas e Tyron Woodley defendendo o cinturão dos meio-médios pela primeira vez diante de Stephen Thompson. Acha bom ou quer mais um motivo para se convencer sobre o UFC 205?

CONOR MCGREGOR

Uma das maiores estrelas do UFC e astro principal do evento deste sábado, o irlandês será dono total das atenções no MSG. Não só por ser o cara que atrai holofotes, vende lutas e rende recordes ao Ultimate onde passe, mas pela chance de fazer história se tornando o primeiro lutador a ter em atividade dois cinturões de duas categorias diferentes. Ainda sem defender o titulo dos penas, o ‘Notorious’ tentará conquistar o dos leves contra Alvarez. Um motivo por si só para tornar o evento o maior não só da história do Ultimate mas também do MMA. Mas somente o que acontecerá no octógono nos dirá o que a história reserva para ele.

(Crédito da foto: Reprodução/Twitter Oficial do UFC)