Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Confira as frases mais marcantes de Lisca em sua chegada ao Inter

O Inter agiu rápido e poucas horas depois de demitir Celso Roth já estava acertado com um novo treinador. Na madrugada de quinta para sexta-feira, Lisca acertou-se com a diretoria colorada e terá a missão de salvar o Inter daquele que seria o primeiro rebaixamento de sua história. Para alcançar a meta, terá três jogos: Corinthians, fora, Cruzeiro, casa, e Fluminense, fora.

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Inter/Divulgação

LEIA MAIS:

Aniversário CLUBE EXTRA

Clique e veja as melhores promoções!

Renato valoriza empate e pede desculpas por episódio com sua filha

Oficial: Inter demite técnico Celso Roth após novo tropeço em casa

Com o agasalho do clube, Lisca iniciou a sua primeira conversa com a imprensa na manhã desta sexta e prometeu “dar a vida” nos três jogos que restam para o Inter no campeonato. Segundo a projeção dos matemáticos, o Inter tem cerca de 62% de chance de ser rebaixado. Mesmo diante da realidade dos números, o novo técnico demonstrou confiança na permanência.

Em tópicos, conheça as frases mais marcantes da chegada de Lisca ao Inter:

POSTURA EM CAMPO:

“Precisamos voltar a fazer um futebol competitivo, de muita retomada de bola, transição rápida e agressividade. Quero ser mais agressivo e dar a oportunidade para os jogadores que possam nos dar muita profundidade. Não vou ter muito tempo, mas se tiver uns cinco minutos apenas, vou aproveitar”

CONTINUIDADE NO INTER:

“Vim aqui para fazer os três jogos. Não devo trabalhar na sequência. O meu objetivo são os três jogos. No futuro posso voltar”

HERÓI?

“Não acredito em herói no futebol. Trabalhamos em conjunto e não busco ser herói. Fui convocado pelo presidente Vitório e pelo presidente Carvalho. É um desafio e uma honra muito grande ser lembrado em um momento difícil como este e encarregado dessa responsabilidade”

FOME DE TRABALHO:

“São três jogos, mas vou dar a minha vida nesses três jogos. Vou almoçar, vou comer, vou jantar pensando no Inter, nos adversários e na nossa necessidade”

FAMÍLIA FELIZ:

“O torcedor do Inter me conhece bem. Eu sou aqui de Porto Alegre, a maioria de vocês é daqui, e a gente sabe que os nossos parentes são assim. Vocês não imaginam como está a minha família. Está todo mundo muito feliz, muito motivado, acreditando muito. Estou feliz por essa oportunidade que estou tendo”

APOIO DA TORCIDA:

“É muito importante para o jogador, o clube, sentir carinho nesse momento difícil. Vai ser muito mais fácil com o torcedor nos apoiando, nos dando conforto, mostrando o que ele já fez nesse Campeonato Brasileiro”

As melhores notícias de esportes, direto para você