Dana White cobra Jon Jones para astro “resolver seus problemas pessoais”

A volta de Jon Jones ao octógono parece cada vez mais distante. Se não bastasse a suspensão de 1 ano após ser flagrado no exame anti-doping, a relação do atleta com Dana White, chefão do UFC, está longe de melhorar.

Frank William Toogood
Mídias Sociais da AS Roma Brasil, MBA em Gestão Estratégica de Negócios, blogueiro desde 2007 e radialista amador. Escreve sobre futebol italiano, automobilismo e o que aparecer, mas gosta mesmo é de contar boas histórias

Crédito: Crédito da foto: Divulgação / Facebook oficial Dana White

LEIA MAIS
PRÊMIO TORCEDORES.COM DE JORNALISMO COLABORATIVO
Prêmio Torcedores.com terá sua 2ª edição em 2016
Conheça os finalistas do prêmio Torcedores.com de mídia esportiva 2016

Em entrevista ao TMZ, Dana White fez duras críticas a Jon Jones, revelando que não fala com o atleta desde a suspensão no UFC 200. “Ele tem que lidar e resolver várias questões antes de nós conversarmos”, disse.

Perguntado se o lutador teria outras chances de voltar ao octógono, Dana White foi enfático. “[Jones] vem prejudicando a si mesmo, precisa botar sua vida em ordem antes de sequer pensar sobre o que está acontecendo por aqui (no UFC)”, pontuou.

Alguns dias antes, Jones disse, também ao TMZ, que tem trabalho duro “dentro e fora do octógono”, para reerguer sua imagem e sua carreira. Ele diz que usará os próximos oito meses para “continuar o treinamento e crescimento, como atleta e pessoa”. Jones decidiu não recorrer da punição e deve cumprir a deteriminação de afastamento até o fim.

A categoria volta nesse sábado a New York, no aguardado UFC 205, vinte anos após o último evento na região, realizado na cidade de Buffalo (na fronteira com o Canadá). Os cards preliminar e principal acontecem no mítico Madison Square Garden.

LEIA TAMBÉM
 UFC 205: ACOMPANHE O RESULTADO DAS LUTAS AO VIVO
DONALD TRUMP QUER ASSISTIR AO UFC 205, DIZ DANA WHITE