Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Renato valoriza empate e pede desculpas por episódio com sua filha

O técnico Renato Gaúcho saiu satisfeito com o empate em 1×1 diante do São Paulo nesta quinta-feira. O Grêmio saiu atrás com um gol de Chávez, mas foi buscar o resultado com o meia Ramiro. Com um ponto ganho, o time gaúcho subiu para 50 e ficou no oitavo lugar, a dois pontos do Atlético-PR, primeira equipe classificada à Libertadores via G-6 do Brasileirão.

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Reprodução/Fox Sports

“Não foi um grande jogo. O São Paulo esteve melhor no primeiro tempo. A gente foi melhor no segundo, mas o importante foi o objetivo e somamos um ponto. Colocamos a equipe principal pra ter ritmo então deu tudo certo no que projetamos. Corrigimos no intervalo os espaços dados. Erramos muitos passes e demoramos pra definir. Foi um bom resultado aqui”, disse Renato.

Mas o principal tema de sua coletiva de imprensa após o jogo no Morumbi foi o episódio envolvendo a invasão de campo de Carol Portaluppi contra o Cruzeiro, na classificação à final da Copa do Brasil. Na quarta, o STJD tirou um mando de campo do Grêmio e com isso a final contra o Atlético-MG não poderia ser na casa gremista. Por efeito suspensivo, o Grêmio reverteu a decisão nesta quinta.

“Não é que me arrependa ou deixe de arrepender. Se errei peço desculpas. Foi um gesto com minha filha. Não foi um torcedor dentro de campo para criar confusão. Queria era curtir minha filha. Nunca pensei em maldade ou ainda em condenar meu clube, do meu coração. Foi uma infelicidade minha, mas não pensei que tomaria uma proporção tão grande. Por enquanto fico calado e peço desculpas a quem pensou que eu tinha exagerado”, ampliou o treinador.

“Os jogadores até brincaram comigo, que eu teria que levar multa porque a Carol entrou no campo. Mas isso só nos fortaleceu”, brincou.

Antes de iniciar a grande decisão da Copa do Brasil contra o Atlético-MG, o Grêmio recebe o América-MG em casa no domingo, pelo Brasileirão. Os reservas jogarão. No dia 23, ocorre o jogo de ida da decisão contra o Galo, no Mineirão.

As melhores notícias de esportes, direto para você