10 campeonatos que mudaram de nome com o passar do tempo

Desde o final de 2010, quando a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) anunciou que os títulos nacional da do final da década de 1950 e da década de 1960 seriam unificados ao Campeonato Brasileiro, as polêmicas do futebol brasileiro aumentaram.

Mohamed Nassif
Jornalista formado pela FIAM-FAAM. Setorista de Inter e Santos no Torcedores.com. Contato: mohamed.nassif12@hotmail.com

Crédito: Crédito da Foto: Reprodução/ Site Oficial CBF

Alguns clubes que tiveram sucesso nessas décadas e conquistaram a Taça Brasil e o Gomes Pedrosa viram aumentar a sua lista de títulos do Brasileirão e muitos jornalistas e torcedores, principalmente dos clubes rivais aos que foram coroados, não concordaram com a unificação.

Leia mais: Saiba como a Chapecoense está se reerguendo

As polêmicas aumentaram ainda mais este ano já que o Palmeiras conquistou o Brasileirão, chegando ao eneacampeonato e se isolando na liderança de títulos do Campeonato Brasileiro. Mas não só no Brasil que as conquistas do passado foram unificadas às atuais. Em outros países isto também aconteceu. O Brasil foi um dos últimos, senão o último, a equiparar os títulos das competições de antigamente às que existem hoje.

O Torcedores.com fez um levantamento dos torneios que tiveram o seu nome mudado, mas que, em alguns casos, foram considerados os títulos junto com os dos novos campeonatos, ou que os anteriores tem a mesma relevância dos atuais.

1 – Libertadores

A Libertadores é o exemplo mais recente. A competição trocou sua nomenclatura para a edição de 2017 e deixará de ser chamada de Copa Libertadores da América e passará a ter o nome de Conmenbol Libertadores. Mas antes mesmo do nome que era utilizado até este ano, a competição chegou a ser chamada de Copa dos Campeões da América, até 1964. O Santos conquistou dois títulos com a principal competição do continente tendo este nome. Os uruguaios Nacional e Peñarol conquistaram a competição, também. E os títulos foram unificados. Ninguém questiona que o Santos é tricampeão da Libertadores, assim como o Nacional. E muito menos que o Peñarol é pentacampeão.

2 – Campeonato Brasileiro

Muitos afirmam que a competição mais importante do futebol brasileiro começou em 1971. Mas, na verdade, este nome foi oficializado no final dos anos 80. Muitos outros nomes foram dados. A edição de 71 deixou de ser chamada de Gomes Pedrosa e passou a ter o nome de Campeonato Nacional de Clubes, até 74. Depois, entre 75 e 80, Copa Brasil. Em 1981, 82 e 83, o campeonato se chamou Taça de Ouro. Em 84, voltou a ser Copa Brasil. 85 novamente Taça de Ouro. 86, 87 e 88, mais três vezes Copa Brasil. Somente em 1989 que o torneio passou a ter o nome atual, de Campeonato Brasileiro. E todos os campeões de 71 até 88 foram unificados, assim como os de 59 a 70.

3 – Champions League

O torneio internacional mais importante do mundo entre clubes é a Uefa Champions League. Disputada desde os anos 50, o torneio era chamado, originalmente, de Taça dos Clubes Campeões Europeus, ou Copa dos Campeões da Europa. Foi assim até o início dos anos 90, quando na temporada 1992-93, a competição trocou de nome e formato, passando a se chamar Champions League, torneio que existe até hoje. O Real Madrid é o maior vencedor de títulos da competição, com 11 troféus, sendo seis do antigo formato, que foram unificados aos cinco que ganhou com o novo nome.

4- Premiere League

Até 1992, Football League First Division era o nome oficial do Campeonato Inglês. Até a mudança de nome, o Liverpool era o maior campeão. Os Reds não conquistaram nenhuma edição da Premiere League, mas até hoje é um dos maiores campeões do país, pelos títulos que conquistou com a competição do passado. Fosse contar apenas os títulos de Premiere League como de Campeonato Inglês e desconsiderando os do passado, o penatacampeão europeu Liverpool nunca poderia falar que foi campeão inglês.

5- Copa Argentina

Nossos vizinhos também tiveram campeonatos de antigamente unificados aos atuais. A Copa Argentina é o exemplo. A competição voltou a ser disputada em 2011 após ser interrompida nos anos 70. Para a competição, a AFA (Asociación del Fútbol Argentino) unificou todos os campeões de torneios antigos da Argentina, como a Copa Copa Dr. Carlos Ibarguren, Copa Escobar, Copa de Competencia Jockey Club, Copa de la República, Copa e Copa de Honor, que eram torneios nacionais disputados no século passado em formato de copa.

6- Copa América

O torneio foi, inicialmente, chamado Campeonato Sul-Americano e durou, com esta nomenclatura, 29 edições. Somente nos anos 70 passou a ter o nome de Copa América. O Uruguai, maior campeão de Copa América com 15 títulos, tem 11 conquistados com o antigo formato.

7- Mundial de Clubes

O Mundial de Clubes é um dos torneios mais polêmicos, quando se fala dele em território brasileiro. A competição já mudou seu nome diversas vezes. Passou a ser organizada com clubes do mundo inteiro pela FIFA somente em 2000, em que o nome foi FIFA Club World Championship. Depois, em 2005, FIFA Club World Championship Toyota Cup. E de 2006 em diante, Fifa Club World Cup. O Corinthians, campeão em 2000 e 2012, é considerado bicampeão mundial, mesmo com as competições tendo nomes distintos.

8- Copa do Mundo

A primeira edição da Copa do Mundo aconteceu no Uruguai, que foi o campeão. A competição, no entanto, foi chamada de Campeonato Mundial de Futebol, como está no poster oficial da competição.

9- Eurocopa

A Euro não era chamada assim antigamente. No início da competição, que teve Espanha e União Soviética campeões, o torneio era chamado e Campeonato Europeu de Nações. A Espanha, tricampeã, carrega umas de suas conquistas da Eurocopa a competição de 64, em que se sagrou campeã.

10- Liga Europa

A segunda principal competição de clubes da Europa já mudou de nome por algumas ocasiões e também seu formato de disputa. Hoje chamado de Uefa Europa League, a competição era chamada até 2009 de Copa da Uefa. Os campeões deste extinto campeonato seguem hoje estando na lista de campeões da Liga Europa, competição sucessora. Maior campeão, o Sevilla tem cinco taças, sendo três do atual formato e duas da Copa da Uefa.