Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

5 coisas que o Atlético-MG precisa fazer para ter um ano melhor em 2017

Nesta quarta-feira, o ano de 2016 acabou para o Atlético-MG e será um ano para o torcedor esquecer, uma vez que o time não correspondeu dentro de campo, o Galo bem que lutou em todas as competições, porém, parou no caminho no campeonato Mineiro, Libertadores, Brasileirão e Copa do Brasil. O Torcedores.com elaborou uma lista de 5 coisas importantes que o alvinegro mineiro precisa fazer para ter um ano de 2017 melhor.

Eduardo Suguiyama
Eduardo Suguiyama é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado).

Crédito: Crédito da foto: Bruno Cantini/CAM

1 – Deixar Roger trabalhar

Aniversário CLUBE EXTRA

Clique e veja as melhores promoções!

Este ano, o Atlético-MG teve dois técnicos, muito para um time como o Galo, que brigava por títulos importantes ao longo do ano. Isso pode mostrar uma intranquilidade da diretoria e o não segmento do trabalho, foi assim com Diego Aguirre e Marcelo Oliveira. Em 2017, a alta cúpula do Galo deveria deixar seu treinador trabalhar.

LEIA MAIS:
RENATA FAN FAZ COMPARAÇÃO INFELIZ E É DETONADA NA WEB; VEJA
APÓS PERDER FINAL, ROBINHO SOFRE COM PROVOCAÇÕES NA WEB

2 – Diminuir o numero de lesões

Um fato que atrapalhou o Galo neste ano, principalmente no campeonato brasileiro foram as lesões, inúmeros jogadores ficaram fora machucados no mesmo período: Luan, Lucas Pratto, Leandro Donizete, Marcos Rocha, Maicosuel e Dátolo, por exemplo, jogadores que fizeram muita falta na campanha.

3 – Renovar o elenco

O elenco do Galo tem jogadores com idade alta, é importante já para 2017 fazer a mescla de experiência e juventude, só no time titular 5 jogadores tem mais de 30 anos (Victor, Fábio Santos, Leandro Donizete, Robinho e Fred).

4 – Repor peças da Seleção

Outro fato que atrapalha o alvinegro mineiro são as convocações, o Galo tem pelo menos 4 jogadores de seleções (Erazo, Cazáres, Otero e Lucas Pratto), além deles, esporadicamente alguns jogadores são convocados por Tite, como Fábio Santos e Rafael Carioca, é preciso encontrar peças de reposição para estes jogadores.

5 – Arrumar a defesa

A defesa foi o ponto fraco do Galo em toda temporada de 2016, Erazo falhou muito ao decorrer do ano e Léo Silva já não é mais o mesmo de temporadas passadas, além disso o ano que vem deve ser o último em que o zagueiro atuará. Um zagueiro deve ser tratado como prioridade pela diretoria alvinegra.

As melhores notícias de esportes, direto para você