Ao completar 72 anos, Jairzinho revela que amigos de infância brigavam para tê-lo no time

(Reprodução/Instagram)

Jair Ventura Filho, mais conhecido como Jairzinho “o furação da copa”, único jogador a fazer gols em todos os jogos no Mundial de 1970, completa hoje 25/12/2016, 72 anos. Sua desenvoltura com a bola vem desde criança e em recente depoimento dado ao museu da Pelada, diz que, seus colegas de infância brigavam para tê-lo no mesmo time.

Jairzinho é especial até no dia em que comemora seu aniversário. Nasceu no dia 25 de dezembro. Data importante para todo o mundo cristão. Ao longo de toda semana foram diversas as homenagens. A principal homenagem veio do Botafogo clube que defendeu por 410 partidas, fazendo 187 gols, que através das redes sociais do clube fez questão de lembrar o aniversário do tricampeão mundial.

Qualquer pessoa que gosta de futebol, um dia já se perguntou, como teria sido a infância de um determinado jogador. Será que ele já demonstrava qualidade ou os fundamentos foram trabalhados posteriormente na base? No caso do Jairzinho, ao ver sua história de títulos e vitórias, fica difícil imaginar, que antes de se tornar profissional de futebol, ele deixaria de ser escolhido para equipes locais. Como afirmou de forma categórica, na entrevista que concedeu ao Museu da Pelada “os caras brigavam para me escalar”.

Em outra entrevista condida mês passado, a Rádio Botafogo Oficial, Jairzinho também demonstrou a sua preocupação com a forma como os jovens talentos estão sendo captados para a base dos clubes. Segundo, o furação da copa, ” não se pode cobrar para um pobre garoto fazer teste, se eu fosse um garoto de 14, 15 anos, eu hoje não poderia fazer teste no Botafogo. Eu não teria dinheiro para pagar”. Para Jairzinho os talentos estão nas comunidades e não nas escolinhas. As escolinhas são mais um elemento de elitização do futebol e tem atrapalhado a revelação de novos talentos.