Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Em súmula, árbitro de Grêmio x Atlético-MG relata expulsões e uso de sinalizadores

O árbitro Luiz Flavio de Oliveira colocou na súmula da partida as expulsões dos zagueiros Erazo, do Atlético-MG, e Kannemann, do Grêmio, por uma briga no fim da partida.

Redação Torcedores
Textos publicados pela Redação do Torcedores.com.Contato: redacao@torcedores.com

Crédito: Foto: reprodução

A final da Copa do Brasil entre Atlético-MG e Grêmio, disputada na última quarta-feira (8), foi de homenagem às vítimas do acidente aéreo com a equipa de Chapecoense, de festa para a torcida gremista que comemorou o título, mas também teve aquele momento de confusão entre os atletas após o apito final.

LEIA MAIS:
Chapecoense é convidada por Barcelona para disputa de torneio de pré-temporada

O lance que originou a briga entre os zagueiros das equipes acabou passando despercebido em meio a festa da torcida e jogadores do Grêmio que já comemoravam a vitória na final.

Só mais tarde foram divulgadas as imagens de Erazo e Kannemann em uma luta corporal no chão após se empurrarem dentro da área, cena que mais parecia luta de “UFC” no gramado. Por isso, o juiz expulsou direto os dois atletas.

Porém, essa não foi a unica observação negativa relatada por Luiz Flavio de Oliveira. Foi colocado também na súmula os sinalizadores acesos pela torcida gremista na reta final da partida, logo depois do gol do tricolor gaúcho marcado por Bolaños, fundamental para o título. Outro episódio com envolvimento da torcida do Grêmio relatado, foi aos 16 minutos do primeiro tempo, quando parte dela arremessou bobinas de papel dentro de campo.

A entrada da filha do treinador Renato Gaúcho, Carol Portaluppi, no gramado após o término do jogo, que rendeu polêmica antes da decisão, dessa vez, passou despercebida pela arbitragem.

Confira o vídeo do lance que gerou as expulsões:

As melhores notícias de esportes, direto para você