Cartola do Botafogo desdenha de apelidos dados pelo críticos; confira

Crédito de imagem: Vitor Silva /Divulgação/Site Oficial do Botafogo

O Botafogo deu uma verdadeira volta por cima em 2016, ao retornar para a elite do Campeonato Brasileiro, ser apontado como um possível rebaixado e, ao final do torneio, garantir uma vaga na Libertadores da América do ano que vem. Surpreendendo muito, o Fogão deu show.

Para o advogado Gustavo Noronha, que é diretor jurídico do clube, o resultado desse ano serve para mostrar àqueles que não acreditavam no clube que é possível sim dar mudar uma estrutura com profissionalismo e amor o clube, como aconteceu com o Botafogo.

LEIA MAIS:
VÍDEO MOSTRA O MOMENTO DA EXPLOSÃO EM ATENTADO NA TURQUIA
CBF COMETE INJUSTIÇA COM ARTILHEIRO DO BRASILEIRÃO; CONFIRA
POTTKER NO BOTAFOGO? VEJA O QUE OS TORCEDORES PENSAM
BOTAFOGO FARÁ NOVO CONTRATO COM JAIR VENTURA; CONFIRA

“A gente era chamado de amador, né? “Entraram os amadores”. Com muito orgulho, que bom que nós somos amadores porque o estatuto do clube não permite que tenha um gestor remunerado, e nós somos de fato amadores. Mas com uma gestão profissional, uma forma de encarar a coisa como se administra uma empresa”, disse Gustavo em entrevista ao GloboEsporte.com.

O Botafogo foi rebaixo para a Série B do Brasileirão em 2014. Ao longo de 2015, o clube se reestruturou e voltou para a Série A, colhendo os frutos já em 2016.

Crédito de imagem: Vitor Silva /Divulgação/Site Oficial