Cleiton Xavier segue planejamento físico especial no Palmeiras

Cleiton Xavier
Foto: César Greco / Ag. Palmeiras

Desde que retornou ao Palmeiras em 2015, o meia Cleiton Xavier sofreu com várias lesões que o impossibilitaram de conseguir uma sequência de jogos e a titularidade absoluta no time. Com um planejamento especial, no entanto, o atleta melhorou e conseguiu ajudar o Verdão em alguns jogos importantes de 2016.

A comissão técnica alviverde, liderada por Cuca em 2016, montou um planejamento especial para Cleiton Xavier. Além de trabalhos físicos específicos, o camisa 10 não foi utilizado pelo treinador em todas os jogos da temporada. Quando entrou, porém, ajudou bastante nas vitórias do time.

LEIA MAIS
Palmeiras já teve Edmundo e Valdívia juntos em baile no Corinthians; relembre
10 problemas que a crise política pode gerar no Palmeiras

“Deu certo por vários motivos. Porque ele está mais maduro, mais experiente, cientes de certos cuidados que tinha que ter. Porque o departamento médico teve atenção especial, porque o Cuca entendeu como o Cleiton funcionava. Pelo treinamento em si”, comentou o preparador físico Omar Feitosa, ao Globoesporte.com.

“Quando voltei, em março, estavam todos preocupados, todo o estafe. Eu já o conhecia. Em 2009, ele teve uma lesão muito grave, e eu já conhecia a forma como ele respondia ao treinamento. Então, elaboramos um planejamento para colocá-lo nos trilhos de novo, para ele conseguir ficar à disposição. O caso dele é emblemático, a resposta foi muito boa”, comemora Feitosa.

TREINAMENTO MESMO NAS FÉRIAS

O Palmeiras conseguiu sair da fila após 22 anos e fecha 2016 com o título de campeão brasileiro. Motivo para comemorar? Com certeza. Mas Cleiton Xavier não ficará apenas festejando a conquista. O camisa 10 manterá o ritmo de seu “procolo especial” para começar a temporada 2017 “voando” junto com o restante do elenco.

“De agora em diante, vou precisar. Fiquei um tempo na Ucrânia, e aqui temos muitos treinos, você tem que ter uma musculatura preparada para isso. Foi com esse intuito que contratei um amigo meu, da minha cidade mesmo, para poder me ajudar, e sei que tenho que dar continuidade. Não posso relaxar só porque acabou o campeonato. Vou curtir um pouco a família, descansar, mas farei novamente os trabalhos”, explicou o jogador.

Foto: César Greco / Ag.Palmeiras / Divulgação