‘Letra’ de Gabigol causa bronca de técnico da Internazionale

A vitória da Internazionale em cima da Lazio por 3 a 0 nesta quarta-feira (21) pelo Campeonato Italiano foi marcada pela entrada nos minutos finais de Gabigol, em substituição a Antonio Candreva. Foram poucos minutos do brasileiro em campo, mas o suficiente para causar uma bronca do técnico Stefano Pioli.

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Foto: Reprodução/ Twitter oficial do Gabigol

Tudo porque tentou durante o tempo em que ficou em campo um passe de letra na tentativa de ganhar moral com a torcida. Após o jogo, o treinador demonstrou não ter gostado da jogada do ex-atleta do Santos e lhe pediu para que se focasse em fazer ‘jogadas úteis’.

LEIA MAIS

EM JOGO BENEFICENTE, D’ALESSANDRO PUXA GRITO COLETIVO DE ‘VAMO, VAMO CHAPE’; VEJA

SPORTV É ELEITO O MELHOR CANAL DE ESPORTES DA TV POR ASSINATURA

VEJA OS MELHORES PRODUTOS PARA JOGAR ESPORTES DE BOTECO EM CASA

“Estou feliz pelo entusiamos do Gabigol, mas eu gostaria de vê-lo fazendo algumas jogadas que são mais úteis e não fazer coisas espetaculares apenas pela ânsia de ser espetacular”, disse Pioli.

Ao ser perguntado se existia já alguma decisão sobre o futuro do atacante no time de Milão, o treinador da Inter declarou que, por enquanto, o brasileiro está ‘sob avaliação’ e que nada está definido se ele ficará no elenco ou se será emprestado na janela de transferências do mês de janeiro.

“O Gabigol vai permanecer? Estamos avaliando a situação. Nosso primeiro objetivo em janeiro é enxugar o elenco, porque queremos jogadores que estejam felizes por jogar em um grande clube como a Inter. Somos a Internazionale, somos orgulhosos por sermos um grande time. Só continuarão aqueles jogadores que compartilham de nossa visão”, afirmou.

 

Reveja a performance de Gabigol na partida Internazionale 3 x 0 Lazio pelo Italiano

(Foto: Reprodução/ Twitter oficial do Gabigol)