Guardiola e Luis Enrique rasgam elogios a Messi: “Não há o que comparar”

Messi
Crédito da foto: Getty Images

Lionel Messi não deve ganhar o prêmio de melhor jogador do mundo da Fifa, assim como não ganhou a Bola de Ouro da revista France Football. O argentino perdeu a disputa para a português Cristiano Ronaldo, mas muitos profissionais do futebol acham injusta a escolha da premiação. Pep Guardiola e Luis Enrique, são alguns desses, por exemplo.

Luis Enrique, atual técnico de Messi no Barcelona, não poupou elogiou ao seu camisa 10. “Messi joga onde quiser, é o melhor de todos. É ridículo que se comparem prêmios, Bola de Ouro, é ridículo. Não há comparação, sem faltar o respeito com os jogadores anteriores, não há nada o que fazer”, disse o espanhol em entrevista para a TV Barça.

LEIA MAIS:
Negociando renovação, Barcelona promete maior salário do mundo para Messi

“Não devemos comparar Messi com os anteriores. Anos atrás se jogava em um nível físico inferior. Agora o jogador profissional está muito mais preparado. É muito mais preparado, muito mais forte fisicamente, tecnicamente. Os técnicos são muito mais preparados. Eles têm muito mais informações. Que um jogador seja capaz de fazer isso agora”, completou.

Ex-técnico do Barcelona, e um dos responsáveis pelo crescimento de Messi, Guardiola concordou com as declarações de Luis Enrique. “Estou de acordo com ele. Leo é o melhor porque joga, faz gols e sabe fazer os demais jogar. Com o respeito que tenho a outros grandes jogadores, primeiramente Cristiano, Messi está em outro nível”, afirmou em entrevista coletiva na última semana.