Opinião: 5 melhores contratações de Alexandre Mattos no Palmeiras

Dudu
Foto: Cesar Greco / Ag. Palmeiras

O Palmeiras chegou forte para buscar mais um reforço visando a temporada 2017. Felipe Melo pode acabar no atual campeão brasileiro, o que seria mais uma das grandes jogadas de Alexandre Mattos.

O diretor de futebol do Verdão vem confirmando a cada negociação o apelido de Alexandre “Mittos”, e segue seu trabalho, a cada semana encaixando uma nova peça no elenco alviverde.

Caso se confirme essa contratação, o Palmeiras pode contar com mais um grande jogador. E pensando nisso, listei 5 em especial, que foram trazidos por Mattos, e deram muito certo na equipe, seja em 2015 ou 2016. Todos são peças fundamentais para o elenco.

Confira e opine:

Dudu

Referência do Palmeiras, Dudu foi essencial na reta final, seja marcando gols, dando passe ou simplesmente participando do jogo de forma discreta mas eficiente taticamente. Sua função para o time foi, talvez, a mais importante, e isso foi notado. O capitão correspondeu dentro de campo e fez valer a pena o chapéu nos rivais.

Yerry Mina

Chegou e tomou conta do setor. Foi um verdadeiro “achado” de Mattos. Forte, rápido e explosivo. Esse é Mina, que já desperta interesse de ninguém menos se não o Barcelona. Foram poucos jogos mas valeu o prêmio de grande defensor do Campeonato Brasileiro, e conseguiu marcar gols contra todos os rivais de São Paulo.

Moisés

Ninguém deu muito para esta contratação, mas Moisés se mostrou um meio campista moderno, capaz de atuar em todas as partes do setor. Foi, na minha opinião, o melhor do Brasileirão e o jogador mais importante do time comandado por Cuca.

Tchê Tchê

Jovem destaque do Audax, Tchê Tchê não sentiu o peso da camisa e atuou em quase todas as rodadas do Brasileirão. Seu entrosamento com Moisés parecia que era de anos. Fez ótima “dobradinha” pelo lado direito, alternando com Jean.

Zé Roberto

Pode não ser o mesmo de anos atrás, mas Zé Roberto é um dos caras deste time. Aos 42 anos, é o símbolo da experiência deste time, que colabora com os jovens bons de bola do clube, no dia a dia do elenco e também dentro de campo, a ponto de deixar o bom lateral Egídio no banco. Seu papel exercido é fundamental e sua renovação mostra isso mais uma vez.