Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Opinião: O que esperar do retorno de Ronda Rousey ao UFC

A sexta-feira (30) será um dia de retorno ao UFC. Após pouco mais de um ano longe das lutas, Ronda Rousey retornará ao MMA para retomar o cinturão que perdeu no final de 2015 para Holly Holm e que agora está em poder de Amanda Nunes, formando a luta principal do UFC 207.

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Ronda concentrada. Crédito da foto: Facebook oficial

Com a longa ausência e a distância da mídia imposta pela campeã durante o ano, o mistério sobre como está a ex-campeã é a grande pergunta que os fãs de MMA estão se fazendo e o farão até a luta acontecer. Uma dúvida que nem mesmo ‘Rowdy’ parece disposta a responder.

LEIA MAIS

 

Desde que confirmou sua volta às lutas, Rousey vem recusando, exceto por aparições em talk shows, falar com a imprensa e até mesmo fez com que o Ultimate fizesse algo impensável e cancelasse a presença dela e de Amanda na maioria dos eventos promocionais do card. Até mesmo entrevistas estão sendo vetadas e mal se sabe se ela falará com os jornalistas após a luta.

Sem saber como a ex-campeã se sente, fica muito difícil dar um diagnóstico de como ela entrará no octógono na luta que a pode recolocar com o cinturão feminino dos galos em suas mãos. Será que ela entrará focada em vencer e só quer deixar de lado as distrações? Ainda sente o trauma do nocaute de Holly Holm? Ronda Rousey ainda tem força para reinar no MMA feminino? Diversas perguntas que só deverão ter resposta nesta sexta.

Mas algumas respostas já podem ser dadas: Rousey parece estar desejosa em apagar aquele nocaute da cabeça, senão nunca aceitaria a luta contra Amanda Nunes. Nas poucas vezes que pudemos a ver, como na pesagem, aquela marra continua sendo a da campeã, a da velha Ronda, como se ela nunca tivesse ficado um ano longe das lutas. E pelas palavras de Dana White, a cabeça da americana está tinindo como nos tempos de título.

Todas estas palavras, no entanto, só veremos se são só palavras ou a plena realidade nesta sexta. Só aí teremos todas as respostas para as perguntas que fizermos sobre o estado mental de Ronda Rousey e se ela se sairá vitoriosa ou não. Por isso, luta mais que imperdível!

(Crédito da foto: Facebook oficial Ronda Rousey)

As melhores notícias de esportes, direto para você