Pai de zagueiro da Chapecoense recebeu ligação da Presidência, diz blog

As fortes declarações de Osmar Machado, pai do zagueiro Felipe Machado, uma das vítimas do acidente com o avião que levava a delegação da Chapecoense, sobre o presidente Michel Temer geraram polêmica, mas a própria Presidência parece estar tentando resolver um possível mal-entendido.

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Foto: Reprodução

Segundo o blog do jornalista Lauro Jardim, de O Globo, Temer pediu a Alexandre Parola, porta-voz da Presidência da República para que ligasse ao pai do defensor para esclarecer que os familiares das vítimas não eram obrigados a ir até o aeroporto para ver os corpos.

LEIA MAIS

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

CASEMIRO ‘DEFENDE’ BOLA NO ÚLTIMO MINUTO E SALVA REAL NO CLÁSSICO; ASSISTA

PAI DE ALAN RUSCHEL DIZ QUE FILHO FOI DESENTUBADO E NÃO SE LEMBRA DE ACIDENTE AÉREO

GABRIEL JESUS VÊ DERROTA DO CITY PARA CHELSEA E TORCIDA PEDE ATACANTE NO LUGAR DE AGÜERO

A notícia de que Temer apenas iria ao aeroporto em uma cerimônia privada e não compareceria ao velório coletivo na Arena Condá havia irritado Osmar Machado, que fez críticas ao presidente, que decidiu por ir a cerimônia no estádio da Chape neste sábado (3).

Ainda de acordo com o colunista, apenas a entrega de comendas aos familiares seria feita no local a quem comparecesse, com a entrega acontecendo a quem não esteve no aeroporto de Chapecó em outras oportunidades. Ao pai do defensor, o porta-voz da Presidência afirmou que Temer apenas teria dito que os familiares das vítimas do acidente da Chapecoense poderiam pegar as tais comendas no aeroporto, sem precisar obrigatoriamente estar no local.

(Crédito da foto: Reprodução)