Palmeiras já tem data para “aparar as arestas” com a WTorre

Um das principais preocupações que o Palmeiras teve que lidar em 2016, além dos adversários dentro de campo, foi o gramado do Allianz Parque. Diversas vezes durante o ano, o Verdão não pôde atuar em sua própria casa e em outras teve de encarar o péssimo estado do piso do estádio, castigado pelos inúmeros shows e atrações que foram realizadas no local.

Marcel Thomé
Colaborador do Torcedores.com

Crédito: Reprodução/Twitter

Por isso, o clube alviverde terá uma reunião em breve para tratar do assunto entre outras coisas com a WTorre, construtora que administra o Allianz Parque e consequentemente seu gramado.

LEIA MAIS:

GALIOTTE BRINCA COM EDMUNDO SOBRE SUBSTITUTO DE JESUS: “PODERIA SER VOCÊ”
PRESIDENTE CITA “PROBLEMINHA” MAS CRÊ EM RENOVAÇÃO COM A CREFISA EM JANEIRO
MERCADO DA BOLA ATUALIZADO: VEJA AS NOVIDADES NAS NEGOCIAÇÕES DO VERDÃO

Nós temos alguns assuntos que serão tratados com a Wtorre, e o gramado é atualmente a nossa prioridade. Não queremos ter mais esse problema que tivemos no último ano. O estádio foi esportivamente muito importante para nós neste ano. Esse é um tema que é prioridade e que vamos tratar a partir de janeiro. Inclusive eu já tenho uma reunião com a diretoria da WTorre para tratar sobre alguns assuntos entre eles como é que nós vamos evoluir na qualidade do gramado“, explicou o presidente Maurício Galiotte, em entrevista ao Fox Sports.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

Durante a temporada 2016, além dos problemas com o gramado, as diretorias do Verdão e da WTorre se estranharam várias vezes e a construtora inclusive instalou uma câmera no camarote do ex-presidente alviverde.

Os dois lados começaram a se estranhar logo que o Allianz Parque foi inaugurado, pois os dois acreditavam ter direito à venda das cadeiras do estádio. Após uma briga na Justiça, o Palmeiras levou a melhor.