Presidente do Galo não garante Lucas Pratto, alvo do Palmeiras, em 2017

Após o vice campeonato da Copa do Brasil, o Atlético-MG lamenta terminar o ano de 2016 sem nenhum título conquistado. O investimento pesado feito pela diretoria no início e durante a temporada, deixaram o torcedor atleticano na expectativa de novas glórias. Tropeços no Estadual, na Libertadores e também no Brasileirão fizeram com que a cúpula mineira ligasse o sinal de alerta e já pensar em mudanças para 2017. O presidente do clube, Daniel Nepomuceno, assumiu toda a responsabilidade pelos fracassos da equipe.

Eder Bahúte
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: TV GALO

– Ficamos muito aquém do que eu esperava. A responsabilidade é toda minha. Agora é botar a cabeça para pensar e trabalhar dobrado ano que vem. Vamos confiar no trabalho que o Diogo mostrou e no Roger, que está chegando. Vamos focar para manter o elenco e reforçar nas posições que a gente precisa. O trabalho já começou uma vez com a atitude da mudança da comissão técnica. Agora é focar no elenco e na mudança de postura. Temos que pensar no campeonato como um todo – disse Nepomuceno.

LEIA MAIS:

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

MERCADO DA BOLA: MEIA GUSTAVO SCARPA CONFIRMA INTERESSE DO PALMEIRAS

MERCADO DA BOLA: ZAGUEIRO EX-TIMÃO ENTRA NA MIRA DO ATLÉTICO-MG PARA 2017

Classificado para a fase de grupo da Libertadores da América, o Galo disputará o torneio Sulamericano pela quinta vez consecutiva. Nepomuceno promete trabalhar dobrado e acredita que com Roger Machado no comando do time, os resultados irão aparecer.

– Foi feito um investimento altíssimo e agora é pensar em manter. Tem muito time olhando os jogadores. Temos quase dois meses para começar a Libertadores. Não temos que desmerecer nada. É a quinta consecutiva (Libertadores). Ano que vem não vamos mudar nada, vamos trabalhar dobrado. Nós contratamos o melhor técnico, na minha opinião, que estava disposto e sem contrato. Você não pode contratar  um jogador ou técnico que está empregado e não queira sair. O Roger é muito ético e acredito que o Diogo, com o assistente técnico já está aqui, tenho muita esperança e convicção que o trabalho será bem feito –  afirmou.

LUCAS PRATTO FICA OU SAI?

– Eu falei com todos os agentes e presidentes que me procuraram que eu não iria tratar deste assunto antes de terminar os campeonatos. Evidente que algum jogadores saiam supervalorizados e enquanto não for bom para o time ou não tivermos peça de reposição, como foi neste ano, vamos ter a postura de manter o elenco – resumiu.

MAIS ATLÉTICO:

FRED DIZ TER RECUSADO OFERTAS MAIORES PARA ACERTAR COM O GALO; RIVAL TENTOU ATRAVESSAR NEGÓCIO

Curtiu a matéria? Siga o autor no Twitter: Eder Bahúte – @ederbahute