Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Reforços do Cruzeiro chegam na próxima terça-feira em Belo Horizonte

O Cruzeiro 2017 começa a ser montado pela diretoria do clube e na próxima semana duas novidades devem pintar na Toca da Raposa. Trata-se do zagueiro Luis Caicedo, que já se despediu de seus colegas no Independiente Del Valle, e o lateral-esquerdo Diogo Barbosa, que estava no Botafogo.

Ramon Lopes
Foi editor do semanário BolanoBarbante, apaixonado por esportes, entusiasta das corridas de rua e dos jogos de tênis.

Crédito: Washington Alves / Light Press / Divulgação/Cruzeiro

Em relação a Caicedo, o equatoriano chega ao clube após uma negociação em que o Cruzeiro desembolsou cerca de 1,6 milhão de dólares que são referentes a 60% dos direitos econômicos do atleta. Inclusive, a sua chegada a Belo Horizonte está marcada para a próxima terça-feira.

LEIA MAIS:
15 jogadores aguardam definição de Mano Menezes para 2017

Com reforço, Cruzeiro busca melhor aproveitamento no Mineirão

Cruzeiro anunciará em breve dois reforços para 2016

Além de ter participado da excelente campanha do Independiente Del Valle na Copa Libertadores deste ano, o jogador tem se destacado também atuando pela seleção do Equador. Com bom posicionamento e muita força física, o atleta despertou interesse de alguns clubes do Brasil, contudo, acabou fechando negócio com o Cruzeiro.

Já Diogo Barbosa chega como uma das opções de Mano Menezes para a lateral-esquerda, setor que a Raposa teve muitos problemas em 2016, assim como na lateral-direita. A principio, o comandante celeste continuará contando no elenco com Edimar, trazido pelo ex-técnico Paulo Bento, e também Bryan, jovem revelação do América-MG. Já o lateral chileno Mena, ainda não tem destino definido para a próxima temporada.

A negociação de Diogo Barbosa foi costurada com o banco BMG, que é detentor dos direitos econômicos do atleta. Estipula-se que a Raposa deve adquirir cerca de 50% do jogador, já que a princípio o banco investidor só aceitaria uma negociação de venda, vetando o empréstimo. Em relação ao tempo de contrato, a diretoria afirma que tal informação será posteriormente divulgada na coletiva de apresentação do lateral.

Ainda em pauta no Cruzeiro está contratação de um volante e o tão sonhado armador. O nome dos atletas é guardado a sete chaves, mas a tendência é que a cúpula celeste volte com tudo ao mercado do futebol.

Um sinal de que a diretoria trabalha em silêncio é o sumiço do presidente Gilvan de Pinho Tavares. O mandatário não compareceu a festa de 50 anos em comemoração à Taça Brasil de 66, o que gera uma expectativa de que novos nomes possam surgir na Toca da Raposa para 2017.

As melhores notícias de esportes, direto para você