Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Robinho “cutuca” Grêmio após confusão na final da Copa do Brasil

Uma confusão generalizada agitou o final do empate entre Grêmio e Atlético-MG de Robinho nesta quarta (7) em Porto Alegre. O resultado por 1 a 1 deu o título aos gáuchos.

Bia Palumbo
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: Crédito da imagem: Bruno Cantini / Atlético

LEIA MAIS:
Goleiro Victor desabafa após Atlético-MG perder título da Copa do Brasil
Torcida do Grêmio quebra recorde de público na final da Copa do Brasil
Homenagem para Chapecoense reúne jogadores e jornalistas na Arena do Grêmio
Relembre a campanha que levou o Grêmio à final da Copa do Brasil

“Eles também têm que saber ganhar. O título estava quase ganho, não tinha necessidade de ficar na frente da bola, de ficar dando fico para a arquibancada. É lamentável”, disparou Robinho ao sair do gramado na Arena do Grêmio, referindo-se ao tumulto no segundo tempo.

Grêmio 1 x 1 Atlético-MG: Assista aos gols da final da Copa do Brasil em Porto Alegre

O empate favoreceu o Grêmio, que entrou em campo em vantagem após vencer o primeiro jogo por 3 a 1. “O primeiro jogo nos tirou o título, o time está de parabéns pela raça, e o Grêmio está de parabéns. Eles ganharam na bola, mereceram”, completou Robinho, ex-jogador de Santos, Milan e Manchester City.

Autor de 12 gols no Brasileirão, Robinho é o vice artilheiro do Atlético-MG no Brasileirão. Ele tem dois a menos do que o centroavante Fred, principal goleador do campeonato.

“A decisão é sempre um jogo um pouco mais tenso, pegado. As duas equipes querem ganhar e é normal que aconteça”, minimizou o goleiro Victor, um dos líderes do Atlético-MG.

O equatoriano Erazo adotou o mesmo discurso. “A confusão ali com o Kannemann. Nos agarramos na área, nos atrapalhamos, tivemos uma pequena briga, faz parte”, completou ele.

Quarto colocado no Brasileirão, o Atlético-MG está garantido na fase de grupos da Libertadores de 2017. O time volta a campo no domingo (11), às 17h (de Brasília), quando realiza o último jogo do ano diante da Chapecoense, pela 38ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O presidente Daniel Nepomuceno cogitou a possibilidade de não levar o time a campo em respeito ao rival pelo acidente com a delegação que viajou para Colômbia. Até a possibilidade de cancelamento foi cogitada, mas a CBF confirmou a partida.

FICHA TÉCNICA – Grêmio 1 x 1 Atlético-MG
Motivo: 2º jogo da final da Copa do Brasil (ida: 3 x 1 para o Grêmio)
Data: Quarta (7), às 21h45 (de Brasília)
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre-RS
Público e renda: 55.337 torcedores / R$ 5.105.964,00
Arbitragem: Luiz Flavio de Oliveira, Marcelo Carvalho Van Gasse, Kleber Lucio Gil e Rodolpho Toski Marques
Gol: Bolaños, aos 43min, e Cazares, aos 46min, do 2º tempo
GRÊMIO – Marcelo Grohe, Edilson, Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Wallace, Maicon, Ramiro (Jailson) e Douglas (Bolaños); Luan e Everton (Fred). Técnico. Renato Gaúcho.
ATLÉTICO-MG – Victor, Marcos Rocha, Erazo, Gabriel e Fábio Santos; Leandro Donizete (Cazares), Junior Urso (Maicosuel) e Rafael Carioca; Luan (Lucas Cândido), Robinho e Lucas Pratto. Técnico: Diogo Giacomini.

As melhores notícias de esportes, direto para você