Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Santos tenta viabilizar com parcerias contratações para 2017

O Santos já contratou três jogadores para a próxima temporada (Cléber, Vladimir Hernández e Matheus Ribeiro) e ainda sonha com mais contratações. Mas o desejo de contar com jogadores de renome para a disputa da Libertadores pode esbarrar em um problema: a situação financeira do clube.

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Reprodução / Site oficial do Santos

Apesar da premiação pelo vice-campeonato brasileiro e das renovações com patrocinadores importantes (caso da Caixa), o time ainda procura um modo de viabilizar a contratação dos chamados ‘reforços de peso’, E com isso, pode buscar parcerias para trazer estes jogadores.

LEIA MAIS

EM PESQUISA, DORIVAL JUNIOR FICA ENTRE OS 3 MELHORES TÉCNICOS BRASILEIROS DE 2016

RONALDO CONTA DETALHES DE FUGA ‘CINEMATOGRÁFICA’ DA CONCENTRAÇÃO COM ROMÁRIO

HENZEL REVELA DESEJO DE NARRAR PRIMEIRO JOGO DA CHAPECOENSE EM 2017

Segundo o Globoesporte.com, investidores estão sendo sondados para ajudar o Peixe a trazer nomes de impacto que são cotados no clube nas especulações do mercado da bola, como Robinho, Gabigol e Cazares, além de ajudar a bancar o pagamento dos salários destes atletas.

A meta é contratar sem ultrapassar o teto salarial estipulado pelo clube, em cerca de R$ 250 mil ou o atual teto da folha salarial (R$ 4,5 milhões aproximadamente). Como a maioria dos nomes citados em salários que passam destes valores, a ajuda de parceiros investidores significaria alívio para o Santos.

Até o momento, apenas Cléber foi a contratação mais ‘vultosa’ do Peixe, com o time pagando ao Hamburgo (ALE) R$ 7,3 milhões pelo zagueiro.

(Crédito da foto: Reprodução / Site oficial do Santos)